A web na Rússia está cada vez mais vigiada e opressora. Após proibir a criação de memes com figuras públicas e obrigar blogueiros com mais de 3 mil leitores a se registrarem em órgão federal, dessa vez o país pretende banir todo tipo de material pornográfico disponível na web por lá.

No momento, o Roskomnadzor – organização federal que vigia a internet russa – foi instruída a tirar do ar 136 sites que hospedam conteúdo adulto. A medida tem como base uma convenção internacional assinada entre 1910 e 1923.

Segundo o jornal Izvestia, a linguagem vaga do tratado pode fazer com que, em breve, toda a pornografia da internet no país seja ilegal. Todos os 136 endereços da lista – sendo alguns deles uns dos mais acessados no mundo inteiro – devem ser banidos dentro dos próximos três dias, informou o Global Voices Online.

Embora o Roskomnadzor tenha proibido a distribuição ilícita de pornografia, ele esqueceu de um pequeno detalhe: definir o que pode ser disponibilizado legalmente. Portanto, em breve, milhões de páginas russas também poderão ser retiradas do ar.

Cupons de desconto TecMundo: