A apresentação do iPad da Apple em 27 de janeiro deste ano foi cercada de rumores e expectativas do que seria apresentado ao público. Essas expectativas foram frustradas, de acordo com inúmeros comentários surgidos após a conferência da empresa de Jobs.

Entre as críticas ao novo aparelho estava a falta de uma câmera integrada e de suporte para vídeos flash, além da falta de multitarefa, reclamação esta já presente nos iPhones. Obviamente, o aparelho traz vários pontos positivos, como você confere aqui, entretanto ainda não é o sonho de consumo de quem se decepcionou.

A novidade

Para concorrer com o iPad e vários tablets que prometem surgir no mercado principalmente no ano de 2010, a empresa indiana Notion Ink traz ao usuário o ADAM, um aparelho diferenciado e que oferece tudo aquilo que parece ter faltado no  iPad em sua primeira versão.

O dispositivo indiano promete em vários quesitos, porém é importante salientar que ele, obviamente, possui alguma falha. Diferente do iPad, o ADAM não possui suporte para multitoque, o que não chega a ser um grande problema, se observarmos suas qualidades.

Características de primeira linha

O ADAM traz em seu dispositivo um processador ARM Cortex A9 de núcleo duplo e um chip NVidia Tegra 2 para trabalhar a uma velocidade de 1GHz, o que é uma ótima configuração para um aparelho com apenas 650 gramas e tamanho de 158x239x13mm.

Processador e chipset em 1Ghz

Com suporte para sistemas operacionais diferentes, como o Android, Ubuntu e o Chrome OS, o ADAM traz a multitarefa para a ponta dos dedos. A mesma variedade é transportada para os navegadores, como o próprio Chrome, Opera e Firefox, com suporte para Flash 10.1, ou seja, com aquilo que falta para o concorrente da empresa da maçã.

Tela Pixel Qi

Um show à parte é trazido pela tela do aparelho: 10.1 polegadas LCD e sensível ao toque, a tela conta com resolução de 1024x600, inclusive com superfície resistente a riscos e às famosas “marcas de dedos” que surgem em touchscreens.

Entretanto, isso ainda pareceu pouco para os desenvolvedores, que resolveram inovar ainda mais. A tecnologia Pixel Qi presente no ADAM rivaliza com os principais e-readers disponíveis no mercado, aliada à grande economia de bateria.

Acesse a internet e leia notícias pelo ADAM

De acordo com os site oficial da Pixel Qi, a tela usa entre metade e um quarto de energia de uma tela LCD normal, o que acarreta uma economia enorme da bateria em relação a outras tecnologias presentes nos tablets atuais. Além disso, assim como as telas de paper ink, é possível levar o ADAM para passear no Sol e continuar a ler sem problemas, pois a tela é transreflexiva.

A combinação entre processador, chipset e tela de alta resolução faz com que o ADAM seja capaz, inclusive, de reproduzir conteúdo em alta definição 1080p, ou seja, vídeos em HD, tais como aqueles vistos no YouTube ou que você possui no computador.

O usuário economiza ainda mais se escolher entre as opções coloridas e preto e branco disponíveis. Na leitura de um e-book, por exemplo, é possível modificar a configuração, o que deixa a leitura mais confortável e economiza ainda mais a bateria do dispositivo.

Escolha a opção preto e branco para economia de energia

A tela Pixel Qi oferece 16 horas de navegação na web, além de 160 horas ligado em modo de descanso, ou seja, com a luz de fundo apagada. A bateria de três células do aparelho tende a possuir uma maior durabilidade, devido à quantidade menor de recargas feitas pelo usuário.

Comunicação e muito mais

Em termos de comunicação e conectividade, o ADAM possui dispositivo Bluetooth 2.1 A2DP, conexão 3G, Wi-Fi e A-GPS, para que você esteja conectado em qualquer lugar. Em termos de armazenamento de dados, o dispositivo conta com entrada para cartão SD, cartão SIM, HDMI e duas portas USB 2.0.

ADAM e sua câmera rotacional

Há também dois alto-falantes, fone de ouvido e microfone integrado para que você possa utilizar o aparelho também para conversações online. A câmera que faltava no iPad também se encontra no ADAM, com 3.2 megapixels de resolução, e pode ser rotacionada em 180 graus, para que você não apenas tire fotos de outros como seja parte de conferências online.

O dispositivo possui ainda acelerômetro 3-Axis, sensor de iluminação ambiente e um touchpad embutido na parte traseira.

Preço e disponibilidade

O novo aparelho da Notion Ink certamente agradará a muita gente que reclamou a plenos pulmões da falta de algumas opções no lançamento mais recente da Apple e vai dar trabalho para a concorrência, não apenas de tablets mas também de e-readers.

Sua tela tende a proporcionar uma leitura mais confortável que dispositivos LCD normais e chega bem perto das paper inks usadas por Kindle, nook e Sony Reader. Rohan Shravan, CEO da Notion Ink afirma que o aparelho será lançado com revistas digitais, livros e quadrinhos de colaboradores significativos.

Comparação entre a tela Pixel Qi e e-reader

A empresa também fará uma competição de aplicativos, similar ao que já foi feito para o Google Android, para estimular e encorajar criações de programas que rodem em qualquer um dos SO do tablet.

O ADAM contará com duas versões, uma com a tela Pixel Qi e outra com um LCD regular, com preços variando de 327 a 800 dólares (o preço inicial do iPad é de 499 dólares).  Ele deve ser lançado no segundo semestre deste ano no mercado estrangeiro, porém sem previsão de chegada ao Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: