Site de maconha da Dark Web fecha após ataque DDoS massivo

1 min de leitura
Imagem de: Site de maconha da Dark Web fecha após ataque DDoS massivo
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Há alguns anos, um brasileiro foi acusado e preso pela Europol por gerenciar um dos maiores mercados negros da dark web, o Wall Street Market — anos antes, o site Silk Road também foi fechado após uma intensa investigação policial. Agora, outra plataforma de vendas de drogas está sendo desabilitado na dark web e, dessa vez, a responsabilidade não é da polícia.

O Cannazon é considerado uma das lojas mais populares da dark web quando o assunto é maconha e, até então, os clientes podiam comprar produtos e também a planta em si. Há alguns dias, no entanto, o site foi desativado após uma série de ataques DDoS.

Na última mensagem publicada, os administradores do site revelam que o Cannazon está sendo fechado após ataques DDoS, deixando claro que eles não estão finalizando as operações para dar golpes nos fornecedores ou clientes.

“Lamentamos muito por ter mantido vocês no escuro nos últimos dias. Em nossa opinião, esta foi a melhor maneira de evitar que alguns fornecedores tentassem sair do esquema, prejudicando você e a comunidade”, foi publicado na última mensagem.

Em janeiro, a Europol desativou o DarkMarket, o maior mercado da dark webEm janeiro, a Europol desativou o DarkMarket, o maior mercado da dark webFonte:  Shutterstock 

No início do mês, o Cannazon foi afetado por um ataque massivo DDoS e, por isso, o site começou a reduzir novos pedidos e até ficou offline durante algum tempo. Isso começou a causar pânico na comunidade do site, mas eles explicaram a situação e pediram desculpas pela falta de transparência.

É muito importante ressaltar que comprar drogas via internet é um crime e pode colocar qualquer pessoa na prisão por muito tempo. No Brasil, a maconha não é legalizada, mas o estudo medicinal está conquistando espaço nas agendas de médicos e especialistas.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.