Ross Ulbricht, o fundador da Silk Road, antigo mercado negro que funcionava na deep web, foi condenado a prisão perpétua há dois anos. Após diversas tentativas e apelações para alterar a pena, a justiça norte-americana decidiu nesta quarta-feira (31) que Ross continuará preso pelo resto da vida.

O Silk Road foi um site lançado no começo de 2011 que operava na Darknet, área comercial da deep web. Por lá, Ross comandava um esquema que envolvia o tráfico de drogas — desde maconha e cocaína até LSD e heroína — e contrabando.

Ross pegou prisão perpétua por lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e invasão a computadores

Apesar disso, é necessário notar que o Silk Road foi um site que atuou, obviamente, ilegalmente por oferecer drogas ilícitas. Contudo, os operadoras do domínio possuíam um código de não permitir a venda e compra de objetos/serviços voltados a fraudes ou ameaças à integridade física de pessoas. Por isso, era impossível realizar transações de armas, cartões de crédito, moedas falsas, informações sensíveis etc. Resumidamente: o Silk Road era um grande traficante online que recebia pagamentos via bitcoin.

Dessa maneira, o Departamento Federal de Investigação dos EUA (FBI) fechou o site em 2013. Ross Ulbricht, que trabalhava sob o codinome "Dread Pirate Roberts", foi preso em 2015 e condenado à prisão perpétua, sem possibilidade de obter liberdade condicional, sob acusações de lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e invasão a computadores — facilitando também o trabalho de grandes cartéis de drogas. Isso mostra que, apesar de Ross não praticar um crime violento, a guerra às drogas propagada pelos Estados Unidos ainda necessita de exemplos que paguem esse esforço.

Silk Road

O que é a deep web e a dark web?

Se você quiser entender mais sobre os termos utilizados nesta notícia, recomendamos as seguintes leituras:

Cupons de desconto TecMundo: