Uber permitirá que usuários peçam maconha pelo app no Canadá

1 min de leitura
Imagem de: Uber permitirá que usuários peçam maconha pelo app no Canadá
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Há alguns anos, a maconha foi legalizada no Canadá e, desde então, startups e empresas tentam se aventurar no lucrativo mercado canábico. Agora, a Uber revelou uma nova parceria para permitir que os moradores da província de Ontário peçam maconha diretamente do aplicativo.

O aplicativo Uber Eats está fazendo parceria com a varejista Tokyo Smoke e, por isso, atualizou o aplicativo com uma sessão específica para cannabis. Apesar disso, a opção de delivery não está disponível — basicamente, os usuários podem fazer o pedido diretamente pelo Uber Eats, mas devem fazer a retirada em lojas da rede.

Maconha no Uber, mas sem delivery

Os moradores de Ontário podem fazer o pedido diretamente pela Tokyo Smoke ou pela categoria "Cannabis" no Uber Eats, contudo, antes é necessário realizar a confirmação de idade. Os pedidos podem ser retirados em até 1 hora.

Adultos podem fazer pedidos de maconha não medicinal pelo Uber Eats no Canadá.Adultos podem fazer pedidos de maconha não medicinal pelo Uber Eats no Canadá.Fonte:  Unsplash 

De acordo com informações da chefe de comunicações do Uber Eats, Meghan Casserly, a parceria com a varejista Tokyo Smoke é apenas de coleta.

No início do ano, a Uber adquiriu o serviço de entrega de bebidas Drizly por mais de US$ 1 bilhão, mas a maconha pode ser um dos novos rumos da empresa, já que o próprio CEO, Dara Khosrowshahi, disse que examinaria o delivery de cannabis quando "caminho estivesse livre".

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.