Facebook oferece jogos mobile da Ubisoft de graça via nuvem

1 min de leitura
Imagem de: Facebook oferece jogos mobile da Ubisoft de graça via nuvem
Imagem: Facebook Gaming
Avatar do autor

De olho no mercado de games em nuvem, o Facebook anunciou, nesta sexta-feira (2), uma parceria com a Ubisoft que irá disponibilizar o streaming de jogos gratuitos para celular, inicialmente nos Estados Unidos. Com isso, alguns títulos do estúdio francês estão chegando ao Facebook Gaming, incluindo Assassin's Creed Rebellion, Hungry Shark Evolution e Hungry Dragon.

Segundo a rede social, o Facebook Gaming já é usado hoje por 1,5 milhão de jogadores. A estreia do serviço ocorreu de forma tímida, em outubro do ano passado, com a liberação de jogos gratuitos para celular. Mas, ao contrário dos seus rivais Google e Amazon, a aposta do Facebook é em títulos para dispositivos móveis, menores e "de fácil hospedagem" em seus centros de dados.

Com isso, o Facebook consegue integrar sua oferta de games diretamente na sua rede social, bem como no aplicativo Android do serviço. Ou seja, enquanto Google e Amazon oferecem jogos autônomos em nuvem, por meio de uma assinatura mensal, a empresa de Mark Zuckerberg oferece seus serviços de streaming de jogos diretamente aos seus 195 milhões de usuários diários nos EUA, sem contar os mais de 1,87 bilhão no mundo.

Os planos do Facebook Gaming para o futuro

Fonte: Anadolu Agency/Getty Images/ReproduçãoFonte: Anadolu Agency/Getty Images/ReproduçãoFonte:  Anadolu Agency/Getty Images 

A entrada discreta e lenta do Facebook Gaming no mercado, e até mesmo a oferta menor de jogos em relação à concorrência é, na verdade, um teste para avaliar a aposta em títulos para dispositivos móveis como um passo para o ingresso definitivo na lucrativa arena de streaming de jogos. Segundo a empresa de pesquisas NewZoo, esse mercado é avaliado em US$ 1,4 bilhão neste ano, podendo chegar a US$ 5 bi em 2023.

Logicamente, a empresa também está investindo na infraestrutura, para evitar fiascos como o do Google Stadia, que abortou seu projeto de desenvolvimento de games. Nesse sentido, o Facebook está investindo na redução dos limites de latência para permitir a distribuição de mais gêneros de jogos.

Facebook oferece jogos mobile da Ubisoft de graça via nuvem