Imagem de: Apple diz que Spotify não paga tanto quanto diz sobre taxas na App Store

Apple diz que Spotify não paga tanto quanto diz sobre taxas na App Store

1 min de leitura
Avatar do autor

Mais um capítulo da novela que envolve a briga entre Apple e Spotify. Só para refrescar a memória: o serviço de streaming moveu uma queixa junto à Comissão Europeia, em março, acusando a Maçã de práticas desleais na App Store ao cobrar 30% sobre todos os valores negociados em seus sistema de pagamento. Como resposta, a Gigante de Cupertino já havia dito que o valor cai para 15% nos anos seguintes e esse percentual incide somente nos assinantes. 

Apple diz que Spotify paga 15% sobre um valor que incide somente em 0,5% de seus assinantes

O serviço musical voltou a criticar a empresa de Tim Cook e chegou a chamá-la de monopolista, em um tom agressivo. Corta para hoje (25) e temos a Apple dando mais detalhes sobre o assunto. Segundo a companhia, atualmente o Spotify paga os 15% somente sobre 0,5% dos membros pagos, o que representa um total de 680 mil. Como a plataforma decidiu deixar o sistema de assinatura embutido na loja digital em 2016, então todas as assinaturas fechadas fora dela não entram nessa conta.

Com isso, o objetivo da Maçã é mostrar que oferece essa liberdade aos parceiros e que o Spotify não teria assim tanta razão de estar reclamando, pois estaria pagando bem menos do que acusa a Apple de cobrar.

 Por enquanto, o litígio continua, assim como a bronca entre as duas companhias. Aguardamos pelos próximos episódios, que são importantes para o mercado mobile porque a decisão sobre o caso pode trazer grandes mudanças sobre os modelos de negócios em prateleiras virtuais.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Apple diz que Spotify não paga tanto quanto diz sobre taxas na App Store