O YouTube anunciou na semana passada que começaria a fiscalizar mais atentamente vídeos mostrando armas de fogo na plataforma. O site passou a proibir terminantemente qualquer vídeo que mostre como modificar ou fabricar armas, bem como aqueles cujo objetivo é vender esses aparelhos, mesmo com simples links afiliados na descrição. Com essas restrições, os criadores afetados começaram a migrar para plataformas pouco convencionais, como o PornHub.

Vários antigos e novos canais focados em armas de fogo do YouTube começaram a aparecer no PornHub, um site cujo conteúdo normalmente tem a ver com sexo. Ainda assim, como se trata de uma grande audiência e não há proibição específica para vídeos de armas de fogo, os criadores começaram a se aproveitar da solução.

ubergizmo

Não se sabe se o PornHub também vai eventualmente banir esse tipo de conteúdo para não ser associado com chacinas que ocorrem com certa frequência em locais públicos nos EUA. De qualquer forma, quando os canais de armas começaram a migrar do YouTube, um tópico do Reddit começou a especular sobre a possibilidade de o PornHub criar uma categoria de vídeos que não tragam conteúdo adulto.

Nessa postagem, uma gerente de mídias sociais do PornHub chegou a comentar que o site já havia considerado essa possibilidade. “Já fizemos piadas com isso no passado, mas agora está se tornando algo cada vez mais realista e não tão louco. Vamos ver…”, escreveu.

Cupons de desconto TecMundo: