Para celebrar o Dia da Internet Segura, a Google publicou hoje (06) uma playlist no YouTube com vídeos detalhando o tema para que jovens usuários da plataforma saibam como se proteger ao utilizar a web. No ano passado, a empresa convidou o youtuber Luba para falar sobre segurança na internet, mas, neste ano, a tarefa ficou com Lucas Rangel, Kim RosaCuca e Ellora Haonne.

O primeiro vídeo da playlist aborda o Dia da Internet Segura refletindo de maneira mais geral sobre segurança na rede. Os youtubers ainda fizeram vídeos individuais levantando temas mais específicos, como fotos privadas, perfis falsos, notícias falsas, respeito na web e por aí vai. Você pode assistir a todos esses clipes aqui.

Suas principais preocupações com a segurança de seus alunos na internet têm a ver com golpes e phishing no geral

Além dessa iniciativa com os youtubers, a Google também divulgou os dados coletados por meio de uma pequena pesquisa com 208 educadores brasileiros. De acordo com esses professores, professoras, pedagogos e pedagogas, suas principais preocupações com a segurança de seus alunos na internet têm a ver com golpes e phishing no geral. Em seguida, o cyberbullying é o tema que mais ocupa a mente dessas pessoas.

35% desses educadores afirmaram que conhecem casos de incidentes relacionados à segurança na web que aconteceram nas escolas onde trabalham. Por conta disso, 98% dessas pessoas acreditam que o tema deveria fazer parte do currículo escolar brasileiro, mas 83% afirmaram que não possuem os recursos necessários para trabalhar o tema adequadamente em sala de aula. 81% deles também acreditam que os pais não estão fazendo o suficiente para manter seus filhos seguros na web.

google

A Google ainda recomenda algumas práticas bem básicas que podem melhorar a segurança de jovens e adolescentes na web. A empresa recomenda que você use senhas fortes e tenha sempre recursos definidos para recuperar contas sequestradas; que sempre bloqueie a tela do computador ou celular após o uso; que deslogue de todas as contas que usou em um computador público; e que tenha cuidado extra ao utilizar redes WiFi públicas, as quais são relativamente fáceis de hackear e interceptar informações pessoais.

Ademais, o TecMundo também recomenda que você não instale aplicativos em seu smartphone vindos de fora da Google Play ou da App Store, que tenha um antivírus e antimalware instalado e sempre atualizado no computador e que fique muito atento para emails e mensagens vindas de remetentes desconhecidos, especialmente aquelas que pedem dados pessoais ou solicitam clicar em algum link.

Confira algumas opções para proteção no computador:

Cupons de desconto TecMundo: