A Google assinou um acordo com a indústria do audiovisual na França que ajudará a empresa a combater a pirataria no YouTube. De acordo com os termos do acordo, a Google permitirá que uma organização antipirataria fiscalizada pelo governo local possa usar sua ferramenta para busca e derruba conteúdo ilegal na plataforma de vídeos.

Com isso, as empresas e indivíduos que possuem direitos autorais de determinados vídeos ou músicas no YouTube poderão encontrar publicações pirata de uma forma mais eficiente do que a equipe limitada da Google poderia fazer em uma escala global. Algumas outras organizações regionais já têm acesso a essa ferramenta no YouTube para ajudar a Google a derrubar vídeos que infringem direitos autorais, mas essa é a primeira vez que a gigante das buscas chegou a um acordo na França. Ao que parece, as negociações por lá não vinham sendo amigáveis nos últimos anos.

Simboliza o colapso de uma barreia de incompreensão

O presidente da ALPA — a organização que ficará responsável por verificar conteúdo pirara no YouTube francês — Nicolas Seydoux, disse em um comunicado oficial que o acordo “simboliza o colapso de uma barreia de incompreensão” que existia até então entre a indústria do audiovisual francesa e a Google. Com essa nova parceria, vídeos no YouTube que contiverem material protegido por direitos autorais poderão ser despublicados mais rapidamente ou mesmo terem sua renda de publicidade direcionada para os autores originais do material.

Cupons de desconto TecMundo: