Você se lembra do Inbox? Esse é o nome do serviço da Google que tem por objetivo revolucionar o modo como mandamos e lemos mensagens e – por que não? – navegamos em nossos emails. Depois de um período de desenvolvimento bastante conturbado – com direito a tretas internas na empresa –, ele foi anunciado em outubro do ano passado em um esquema bem restrito de convites. A plataforma chegou a ser liberada a conta-gotas para empresas, mas agora, segundo anúncio feito pela companhia, deve chegar às mãos de todos, sem restrições.

Conforme postado por Alex Gawley, diretor de posicionamento de produtos, no blog oficial do Gmail, agora o Inbox está livre para ser baixado e usado por qualquer um com uma conta Google. Além de remover o burocrático sistema que deixava muita gente de fora da brincadeira, o anúncio serviu para revelar que uma série de diversidades foi implementada no aplicativo do serviço, que conta com versões para Android e iOS.

Anteriormente, por exemplo, deslizar uma mensagem para os lados fazia com que ela fosse arquivada. Agora, o usuário tem mais controle sobre isso, podendo configurar o gesto para deletar emails que você não quer ver mais na sua frente – ou no app. Outro recurso bastante pedido pelos consumidores e que está presente na atualização mais recente do cliente de mensagens eletrônicas é a possibilidade de incluir uma assinatura no fim dos seus textos, algo bastante comum em outros programas do tipo.

O destaque, claro, fica por conta da função Undo Send (Desfazer Envio), que vai salvar muitos relacionamentos, empregos e praticamente qualquer outro contrato social que tem a possibilidade de ir para os ares por causa de um erro de digitação que não foi detectado ou por conta de um email enviado para o destinatário errado. Com a ferramenta, você tem alguns segundos para perceber a falha e clicar em Undo, evitando que a ação se concretize.

Alguns serviços de viagens e restaurantes também vão se integrar com o aplicativo do Inbox, permitindo que os usuários possam fazer reservar ou marcar horários sem ter que sair do software e iniciar o navegador mobile. Você tem usado o app ou pensa em utilizar ele agora que o acesso está liberado? Qual a função que mais lhe atraiu? Deixe seu comentário mais abaixo.

Cupons de desconto TecMundo: