A vida não está fácil para os funcionários de empresas de tecnologia. Depois do anúncio de demissões em massa no quadro da Lenovo, foi a vez da taiwanesa HTC revelar que 15% de toda sua força de trabalho será dispensada.

A justificativa está no baixo número de vendas dos aparelhos da companhia. Dias atrás, a HTC revelou o relatório financeiro do trimestre com número bastante negativos e previsões ainda mais sombrias para os próximos meses.

O CEO da empresa, Cher Wang, justificou as alterações do mercado em um comunicado. "Agora, enquanto nos diversificamos além dos smartphones, precisamos de uma organização dinâmica e flexível para garantir que tomaremos vantagem em todas as oportunidades animadoras nesse espaço conectado de estilo de vida", explicou o executivo.

A situação da HTC é complicada. A empresa está com a imagem péssima no mercado financeiro e não para de cortar gastos. A quantidade de celulares lançados no mercado também deve diminuir. Vale lembrar que a HTC entrou recentemente no mercado de realidade virtual em uma parceria com a Valve.

A HTC está em crise! Como ela pode sair do buraco? Opine no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: