O HTC U11 é um smartphone diferente de todos que vemos por aí: além de ter um design muito bonito, apresenta o recurso exclusivo Edge Sense, que permite a interação do usuário com o aparelho por meio do toque em suas bordas laterais. Anunciado há quase um mês pela HTC, o celular foi submetido a testes duríssimos pelo canal Jerry Rig Everything do YouTube.

O sensor de leitura de impressão digital não possui a mesma proteção que o visor como um todo e com alguns riscos de um estilete ficou totalmente danificado

Após uma breve comparação do aparelho com outros dispositivos similares, o HTC U11 sofreu riscos de diferentes tipos de materiais e aguentou bem objetos como chaves e moedas. Porém, alguma sujeira mineral encontrada no bolso, como resíduos de areia, pode danificar a tela.

O sensor de leitura de impressão digital não possui a mesma proteção que o visor como um todo e com alguns riscos de um estilete ficou totalmente danificado. Apesar disso, ele funcionou quase que normalmente na hora de realizar a identificação biométrica. Na parte traseira, a proteção da câmera também é reforçada e não sofreu riscos, apenas a cobertura plástica do flash.

Falhou no teste

O grande problema veio a seguir, com o teste de flexão do aparelho. Ao ser forçado a se dobrar pela parte traseira, o dispositivo ficou muito mais danificado do que o normal. As bordas sensíveis ao toque acabam comprometendo a resistência física da estrutura do HTC U11. Fazendo força pelo lado da frente é ainda mais devastador, quebrando o smartphone com uma facilidade exagerada.

Com a tela completamente comprometida, o aparelho fica totalmente destruído de maneira muito mais fácil do que deveria. Confira no vídeo:

Cupons de desconto TecMundo: