Na última segunda-feira (10), a dupla de criadores da Google pegou muita gente do mundo de tecnologia de calças curtas ao anunciar que uma nova empresa – fundada por eles mesmos, claro – seria a dona da Gigante das Buscas e de outros empreendimentos desenvolvidos ao longo dos anos. Apesar disso, o que mais surpreendeu foi o fato de Larry Page e Sergey Brin cuidarem do escopo geral do conglomerado, enquanto Sundar Pichai é o escolhido para assumir a vaga de CEO da Google e de seus subprodutos. Mas, afinal, quem é Sundar Pichai?

Ainda que não seja conhecido do grande público e não estampe, em geral, a capa de grandes matérias relacionadas ao império da companhia, o executivo tem um caminho longo e cheio de conquistas na empresa de Mountain View, sendo bastante conhecido e respeitado por seus colegas de trabalho. Pichai Sundararajan, nasceu em 12 de julho de 1972, em Chennai, na Índia, e por lá ficou até se formar em Engenharia Metalúrgica no Indian Institute of Technology Kharagpur – seguindo a tradição indiana de formação de engenheiros de ponta.

Em 1993, já nos Estados Unidos, ele concluiu um mestrado sobre Engenharia e Ciência de Materiais em Stanford e fez um MBA em Wharton. Com essa bagagem, ele conseguiu alguns cargos grandes em empreendimentos de pequeno ou médio porte, como diretor na Jive Software e conselheiro da Ruba. O nível das credenciais fez com que Sundar finalmente conseguisse espaço na Google em 2004, quando a companhia começava a expandir ainda mais os seus negócios na internet – fazendo o lançamento do Gmail, por exemplo.

Saga meteórica na Google

Começando mais de baixo – apenas mais um no meio de diversos gerentes –, o rapaz ajudou com a implementação da barra de ferramentas da Google. Nos anos subsequentes, mais e mais produtos importantes da empresa foram passando pelas suas mãos, como o navegador Chrome e o sistema Chrome OS, além de ele mesmo ter sido um dos líderes de grandes projetos como o Google Drive.

Claro que, durante esse tempo, a sequência de sucessos possibilitou que ele galgasse posições, abocanhando o posto de vice-presidente e vice-presidente sênior pouco antes de 2010. Obviamente isso trouxe novas responsabilidades, com Sundar passando a supervisionar boa parte dos aplicativos mobile desenvolvidos pela equipe interna da companhia, dando a palavra final em apps populares no mundo todo, como Gmail, Maps, Drive e muitos outros. Eventualmente, todo setor Android caiu em suas mãos também, provando sua competência.

Sua capacidade de liderança e de administração de tantos projetos diferentes e em larga escala atraiu olhares de concorrentes, e o indiano chegou a ser cotado para o posto de CEO da Microsoft, como um dos possíveis substitutos do bonachão Steve Ballmer. Porém, amado entre seus pares e cada vez mais próximo de Larry Page – agindo como um verdadeiro braço direito –, Sundar manteve sua lealdade e foi alçado à posição de Chefe de Produtos da Google, cuidando do grosso das principais operações da marca.

Cumplicidade entre CEOs

Agora, com a “partida” de Page e Brin para o comando da Alphabet, nada mais natural – pelo menos do ponto de vista interno – que o engenheiro, um advogado da tecnologia e conectividade em benefício de todos, assumisse o topo da cadeia na nova Google. A estrutura desenhada pelos seus criadores, porém, deve fazer com que Sundar tenha que se concentrar mais na parte dos negócios e da receita, deixando o aspecto social – que ainda é um ponto forte da companhia – nas mãos de colegas e subordinados.

Isso porque o executivo vai cuidar de uma série de produtos que são os pilares de ganhos da gigante de Mountain View e os mais acessados pelos usuários finais. Enquanto a dupla de fundadores vai poder ampliar as vertentes do conglomerado e buscar inovações e soluções tecnológicas com projetos experimentais de todos os tipos, o atual CEO da Google vai precisar manter o desempenho de marcas fortes como YouTube, Google Play, Android e, claro, o próprio serviço de buscas que leva o nome da companhia.

Essa escolha só mostra a confiança inabalável de Page no pupilo, com o CEO da Alphabet se dizendo “muito sortudo” em ter alguém do nível de Sundar no comando de sua maior criação – mesmo que seja uma versão consideravelmente menor do que a empresa era até a semana passada. Fica a expectativa de como todas essas mudanças estruturais vão afetar o desempenho da Google, já que a capacidade do indiano na cadeira de diretor executivo não parece ser uma preocupação no momento.

Sundar Pichai? Quem? Conheça tudo sobre o novo CEO da Google! Comente sobre o assunto no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: