Embora a Google seja uma empresa de sucesso indiscutível, não dá para negar que algumas de suas empreitadas seguem aos trancos e barrancos. O ousado Google Glass foi alvo de muitas críticas e vai precisar ser remodelado inteiramente, enquanto o Android Wear não chega nem perto do sucesso esperado pela companhia. Isso não quer dizer que eles desistiram dos vestíveis, já que o USPTO – órgão de registro de patentes nos EUA – aprovou um projeto bastante peculiar: um dispositivo que quer remover o mal cheiro do seu corpo.

Sim, a Google quer colocar um pequeno aparelho na gola da sua camisa ou na linha da sua cintura para eliminar qualquer odor ruim. Não importa se você precisou correr para pegar o ônibus ou não conseguiu tomar aquele banho refrescante depois da academia, a ideia é que, assim que os sensores do tal produto detectarem a fragrância indesejável, ele entre em ação. Pelas figuras incluídas no projeto, uma pequena ventoinha é usada para borrifar uma essência ou perfume pelo corpo do usuário.

Todo mundo sabe que nem sempre a estratégia de combater cheiro ruim com cheiro bom é funcional – e a Google sabe disso. Sendo assim, a empresa embutiu no dispositivo uma função que o conecta às suas redes sociais para descobrir onde seus amigos ou conhecidos estão. De posse dessas informações, ele sugere uma rota alternativa para suas andanças, garantindo que você não ameace o olfato alheio com seu perfume natural.

A patente foi pedida em 2012, mas o USPTO só aprovou a documentação enviada pela Google agora em 2015, especificamente na última terça-feira (10). Vale lembrar que nem tudo que é enviado ao órgão para ser registrado acaba se tornando um produto real, e, nesse caso, a probabilidade de vermos isso na vida real é bem baixa – pelo menos no futuro próximo. Acha que o produto faria sucesso entre os amantes de tecnologia ou indicaria para algum amigo “cheiroso”? Por via das dúvidas, é melhor não marcar ninguém na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: