(Fonte da imagem: Divulgação/Google)

“Sua conta pode estar em risco de sofrer ataques patrocinados pelo Estado”, diz uma mensagem veiculada pela Google via recados em serviços como Gmail, Chome ou site de buscas. E, apesar de parecer conspiratório demais, dezenas de milhares de pessoas já receberam a mensagem – algumas em junho, outras a partir da última terça-feira (02).

A ação da empresa é uma tentativa de prevenir ataques recentes que teriam origem em vários países do Oriente Médio, possivelmente com o objetivo de roubar dados bancários ou monitorar suas atividades no PC.

Mas não se apavore: a mensagem não significa necessariamente que você já foi alvo desses ataques – você pode ter recebido um email suspeito ou acessado uma página que pode levá-lo a se tornar mais uma vítima, por exemplo.

Até agora, uma série de jornalistas e cientistas políticos dos Estados Unidos já confirmou ter recebido o alerta, mas isso não significa que pessoas não ligadas à política internacional estejam livres. Já a Google notificou que seu sistema de inteligência está cada vez mais desenvolvido, trabalhando constantemente para detectar a origem e o funcionamento desses grupos de ataque.

Fonte: The New York Times

Cupons de desconto TecMundo: