Motorola: foco no Android (Fonte da imagem: Neteye)

No começo dessa semana, a Google oficializou a compra da Motorola após a aprovação das autoridades chinesas.  Mas qual será o destino da empresa, agora que ela está nas mãos da gigante de buscas?

De acordo com o presidente executivo da Google, Eric Schmidt, a Motorola terá mais investimentos em produtos e muito mais foco no Android e até mesmo nas ferramentas que ela tem hoje. A declaração de Schmidt foi obtida pelo jornal britânico The Guardian durante um evento.

De qualquer forma, ainda sabemos muito pouco sobre os planos da Google. Alguns rumores sugeriam que a empresa iria vender a Motorola Mobility para a Huawei, o que Schmidt acabou desmentindo.

O novo CEO da Motorola Mobility, Dennis Woodside, declarou que a Google sempre foi interessada em hardware e que seu trabalho será fazer a Motorola tão bem-sucedida quanto possível, entregando um hardware inovador equipado com Android.

Canibalização do Android

O interesse pelo posicionamento da Google sobre esse assunto parte principalmente das empresas concorrentes da Motorola, como Samsung, HTC e LG. Elas estão preocupadas com o fato de que a aquisição poderá colocá-las em desvantagem caso a Motorola obtenha acesso privilegiado às compilações mais recentes do sistema operacional móvel.

A grande questão que permanece é se realmente a Motorola não terá benefícios no que se refere ao Android. A Google diz que construiu um “firewall” entre a equipe do Android e da Motorola. Se é verdade ou não, só o tempo poderá dizer.

Fonte: The Verge, The Guardian

Cupons de desconto TecMundo: