Depois de notar que a experiência com o Google Glass não foi tão bem sucedida como o esperado, a Google pode mudar radicalmente o estilo do projeto "sucessor" dos óculos inteligentes, batizado até o momento de Project Aura.

Segundo o site The Information, são três protótipos que estão no páreo até o momento, sendo que um deles pode ser descartado em breve. As descrições são curiosas, já que um deles é tido como um dispositivo vestível (wearable) que não possui uma tela ou lentes — em outras palavras, não é um par de óculos.

Na verdade, uma das versões, que seria destinada a empresas e só para uso profissional, teria lentes. Mas a outra e mais comercial seria para usuários "esporte" e funcionaria somente via áudio. O som seria transmitido direto pelo osso, uma tecnologia de transmissão já usada no Google Glass original. Tony Fadell, que trabalhou com design na Apple, é o atual chefe do projeto. Vários dos funcionários seriam especialistas em áudio tirados da Amazon.

Com ou sem formato de óculos, o Project Aura deve ser lançado em algum momento de 2016.

O que é o Google Glass e para que serve? Discuta no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: