Depois de ser flagrada testando tecnologias de direção autônoma em vários carros elétricos Chevrolet Bolt e se recusar a comentar o assunto, parece que agora a General Motors (GM) resolveu abrir o jogo, revelando mais detalhes sobre os planos da empresa. Conversando com o pessoal do Tech Insider, a executiva-chefe de tecnologia autônoma da fabricante, Pam Fletcher, afirmou que o primeiro veículo totalmente sem motorista da empresa será elétrico e vai chegar mais cedo que o esperado.

De acordo com a representante da companhia automotiva, os carros autônomos da empresa serão liberados para praticamente qualquer pessoa por meio da plataforma Lyft – um serviço de compartilhamento de veículos. “Nós ainda não fizemos um anúncio, mas eu diria que isso tudo vai vir muito mais rápido do que as pessoas preveem, digamos. Continuamos sendo transparentes sobre esse assunto”, disse Fletcher.

Segundo a executiva da GM, a rede de veículos autônomos sob demanda já está sendo produzida em parceria com a Lyft

“Estamos trabalhando em uma rede de compartilhamento de veículos sob demanda junto à Lyft. Isso não é algo sobre o qual estamos apenas pensando, é uma coisa que está realmente sendo preparada para uso dos consumidores”, reforça a executiva. A GM já havia anunciado a parceria durante a CES, quando revelou um investimento de US$ 500 milhões no serviço para ajudar no desenvolvimento do sistema com os carros sem motoristas.

Meu carro, meu casulo

Fletcher também afirmou que faz sentido usar veículos elétricos como carros autônomos porque esse tipo de automóvel oferece uma experiência melhor para os passageiros. “Eles operam com muita suavidade, silenciosamente e sem que você perceba, então é possível criar uma sensação bastante positiva lá dentro. As pessoas querem isso. Desejam entrar no carro e que ele dê a sensação de que estão em um casulo onde podem cochilar ou fazer uma chamada em conferência”, explica.

Por enquanto, a executiva não deu mais informações sobre quando veremos mais novidades sobre o assunto, mas informações anteriores indicam que os testes da tecnologia autônoma da GM devem começar ainda em 2016. Fletcher destacou que o Bolt vai ter um papel importante nos esforços da empresa com relação a serviços de mobilidade e transporte.

Cupons de desconto TecMundo: