Um fotógrafo flagrou, em São Francisco, nos EUA, diversos Chevrolet Bolt – o carro elétrico compacto da montadora norte-americana – ostentando sensores frequentemente utilizados em veículos autônomos. Apesar de o fato ser curioso por si só, o fato de Kyle Vogt, co-fundador da Cruise Automation, estar dirigindo um deles é ainda mais intrigante – ou revelador.

Isso porque a General Motors adquiriu a Cruise recentemente por uma soma estimada em US$ 1 bilhão. Essa movimentação toda pode estar acontecendo em função da oficialização de que o Uber está trabalhando no desenvolvimento de carros autônomos para o transporte de passageiros – juntando isso ao fato de que o principal concorrente da empresa, o Lyft, recebeu um aporte de US$ 500 milhões da GM, as coisas ficam bem claras.

(Imagem: SpiedBilde/Brian Williams)

Não é segredo que a gigante da indústria automotiva está interessada em sistemas de direção autônomas, mas a oportunidade de ser a pioneira no lançamento de um veículo elétrico de pequeno porte que seja capaz de dirigir sozinho por aí, e que é bastante adequado para ser utilizado em frotas, como a do Lyft, parece ser bastante tentadora.

(Imagem: SpiedBilde/Brian Williams)

(Imagem: SpiedBilde/Brian Williams)

A General Motors, no entanto, se negou a fazer qualquer comentário a respeito das fotos.

O que você acha dos testes da Chevrolet com tecnologias autônomas? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: