O aparelho sai das fábricas devidamente "torturado". (Fonte da imagem: Reprodução/BusinessInsider)

O Galaxy S5 já foi submetido a uma série de testes por entusiastas. O smartphone sobreviveu a quedas, atropelamentos e até mesmo a submersões. Mas o mais recente modelo da linha de maior sucesso da Samsung já foi suficientemente “torturado” pelos laboratórios da própria companhia sul-coreana. Fato é que o aparelho, que chegou aos mercados do mundo nessa sexta-feira (11), precisa sair da fábrica preparado para enfrentar as mais diversas situações.

Equipamentos de ponta capazes de simular uma miríade de condições físicas, câmeras que gravam a altíssimas velocidades, testes específicos do volume dos alto-falantes tendo em vista “o nível de ruído de cada região” e até mesmo o eletrocutamento do mobile foram algumas das condições às quais o Galaxy S5 foi submetido.

Uso de display e botões

Uma máquina equipada com pontas que imitam a textura de dedos humanos é usada para testar a resistência dos botões e display sensível ao toque do smartphone. Ao pressionar repetidas vezes o dispositivo, o aparelho avalia o quão durável o Galaxy S5 deverá se mostrar durante o manuseio.

Teste de resistência ao manuseio. (Fonte da imagem: Reprodução/BusinessInsider)

Alto-falantes e microfone

A sensibilidade de microfone e o desempenho dos alto-falantes são naturalmente fatores testados pela Samsung. Mas este episódio se diferencia pela seguinte particularidade: cada região do mundo possui um “nível de ruído específico” – o que pode exigir mais ou menos sensibilidade de microfone e, consequentemente, maior ou menor resistência dos falantes. Os modelos comercializados na Ásia, por exemplo, possuem desempenho de hardware adequado às necessidades dos usuários asiáticos.

Níveis de ruído específicos são testados para regiões diversas. (Fonte da imagem: Reprodução/BusinessInsider)

Resistência a radiação, poeira e calor

Em outra das salas dos laboratórios da gigante de tecnologia, certos níveis de radiação foram emitidos contra o aparelho; cada região exige também uma resistência mínima nesse quesito. O Galaxy S5 passou por testes de resistência a poeira e a demais partículas sólidas, conforme estabelece o certificado IP67 (saiba mais sobre este assunto por meio deste link). Uma câmera térmica mediu o desempenho do mobile para garantir o funcionamento dos componentes mesmo sob condições duras de trabalho – como uso contínuo de câmera.

Até mesmo choques foram dados no Galaxy S5. (Fonte da imagem: Reprodução/BusinessInsider)

Confira abaixo algumas fotos dos demais testes aplicados ao Galaxy S5 (queda a partir de diferentes alturas, ainda mais pressão sobre a tela do aparelho e a forma com que o microfone é testado são algumas das demonstrações feitas).

O lançamento do Galaxy S5 foi esperado com ansiedade pelo público desde seu anúncio, que foi realizado em março. A Samsung, que vendeu cerca de 300 milhões de aparelhos inteligentes em 2013, espera conseguir ainda mais sucesso neste ano às custas de seu novo dispositivo. “O aparelho pode nadar, mas não irá provocar ondas”, afirmou o jornal The Wall Street Journal em clara referência à aparente falta de diferenciais do último modelo da linha Galaxyconfira aqui um especial sobre o smartphone e tire suas próprias conclusões.

Cupons de desconto TecMundo: