Durante os próximos cinco anos, uma nova fábrica da Foxconn será construída no estado indiano de Maharashtra. Um dos maiores fornecedores asiáticos da Apple e maior fabricante de eletrônicos do planeta, a empresa taiwanesa fechou no último sábado o acordo que vai injetar cerca de US$ 5 bilhões, algo em torno de R$ 17,3 bilhões, em novas instalações que vão funcionar na Índia.

A assinatura do acordo aconteceu em Mumbai, capital do estado, e envolveu o ministro-chefe de Maharashtra, Devendra Fadnavis, e o fundador da Foxconn, o chinês Terry Gou. Tudo isso faz parte de um projeto do governo indiano para incentivar o desenvolvimento da produção industrial no país e levar a Índia ao terceiro lugar na economia asiática.

... Seria uma forma de baratear o produto, visto que os incentivos fiscais indianos compensariam os aumentos de salários na China.

A Foxconn busca agora novas parcerias para a fábrica, apesar de já possuir clientes gigantes, como a Amazon, a BlackBerry e a Xiaomi, além da Apple. Ainda não foi revelado exatamente o que será produzido nessa nova instalação, se apenas componentes ou smartphones. No segundo caso, seria uma forma de baratear o produto, visto que os incentivos fiscais indianos compensariam os aumentos de salários na China, onde a maioria dos aparelhos celulares são fabricados.

Você acha que a futura fábrica da Foxconn na Índia pode baratear os smartphones? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: