Tudo começou com uma “pequena” falha. Desde que encontraram uma série de falhas críticas de segurança causadas pelo Flash, a indústria de tecnologia está abandonado todo o respeito que ainda possuía pela cansada ferramenta web da Adobe (mesmo que apenas pela importância que teve no passado) e praticamente exilando o Flash Player da internet.

Se você duvida, basta ver as empresas que estão deixando o software de lado. Primeiro veio a Google, que vai tornar a execução de conteúdo Flash completamente opcional em seu navegador. Depois foi a vez da Mozilla, que, em um dos golpes mais duros contra a ferramenta, anunciou que estava banindo o plugin da Adobe em todas as suas versões do Firefox. E agora é vez do Twitch.

Dando adeus ao Flash... Ou quase.

Pois é, chegou a hora de mais uma gigante começar a se livrar do Flash. A novidade veio em um anúncio oficial, que revelou que o player de vídeo do serviço agora é feito com uma combinação de HTML5 e Javascript. Vale notar que a nova interface ainda está sendo implementada; logo, nem todos vão poder conferir as mudanças, por enquanto. Mas é só esperar que, eventualmente, a alteração vai chegar a todos.

Para quem ficou curioso com a aparência da nova interface, aliás, basta ver a imagem abaixo:

Não é tempo de comemorar mais uma vitória completa, entretanto, pois segundo o serviço, o vídeo em si ainda usa apenas códigos de Flash. Considerando que o YouTube, outro gigante dos vídeos, já adotou o HTML5 por padrão há tempos, é provável que o Twitch não queira ficar para trás por muito mais tempo.

Com isso, parece que as brincadeiras feitas pelo público – e o desejo de um certo chefe de segurança do Facebook – estão cada vez mais perto de se tornarem realidade: o Flash está para morrer. E parece que mesmo as ações da Adobe para corrigir suas falhas serão suficientes para impedir que isso aconteça.

Cupons de desconto TecMundo: