Não importa o quão discreto seja o seu comportamento no Facebook: a rede social criada por Mark Zuckerberg ainda vai monitorar as suas preferências de navegação. Significa que as postagens curtidas ou compartilhadas, bem como o perfil das publicações feitas através do site, vão determinar a natureza do conteúdo que pipoca em sua linha do tempo – recentemente, inclusive, os termos de privacidade do WhatsApp foram atualizados, permitindo a troca de dados entre ambos os serviços.

Grosso modo, significa que as investidas dos programas de publicidade direcionada estão cada vez mais agressivas, comprometendo a privacidade de todos os que ousam aceitar os termos de registro de uma ou outra comunidade online.

Dados do WhatsApp e do Instagram também estão vinculados ao Facebook

Neste artigo, você vai não apenas entender a forma como as preferências de anúncios do Facebook funcionam; visualizar o “dossiê” que a rede social possui sobre você e até mesmo remover conteúdos tidos como favoritos são outras das ações que podem ser executadas através dos mecanismos de gerenciamento de privacidade do serviço.

Como os anúncios chegam até você?

Você nunca curtiu a página de uma determinada prestadora de serviços de telefone, por exemplo. Mas um anúncio sobre “as vantagens de se contratar um plano ilimitado qualquer” insiste em aparecer em seu feed de notícias. Isso acontece devido, principalmente, aos dados demográficos que o Facebook coleta sobre o seu perfil.

Os anúncios que você vê são influenciados por diversos fatores, sendo que o mais básico deles são os dados demográficos (como idade, gênero e localização) do seu perfil e atividade. 'Nós tomamos muito cuidado para manter suas informações seguras' – Facebook

Informações de perfil, porém, não são a única fonte usada pelas propagandas direcionadas. Atividades de aplicativos, postagens compartilhadas e a sua localização atual também são parâmetros que geram a propagação dos anúncios.

Dados demográficos são a principal fonte usada para o direcionamento de publicidade.

Veja o que mais influencia os tipos de anúncios mostrados:

  • Páginas que você e seus amigos curtem;
  • Informações do perfil do Instagram;
  • Locais onde você faz check-in usando o Facebook;
  • Assinaturas de revistas;
  • Compras em lojas do varejo;
  • Uso de cartões fidelidade em mercados, por exemplo;
  • Visita a sites de comércios associados ao Facebook;
  • Locais de acesso à internet; e
  • Locais de uso do telefone. 

Quais são os seus interesses, segundo o Facebook?

Consultar o “dossiê” que o Facebook tem sobre você é fácil. Além disso, é possível controlar os tipos de anúncios que serão exibidos pela sua linha do tempo, removendo determinados tópicos das suas preferências de propagandas.

Seus interesses vão determinar o perfil da publicidade veiculada

Na página aberta, duas seções serão exibidas:

  • Interesses: mostra os assuntos atrelados às suas preferências, o que vai determinar também os tipos de anúncios que serão veiculados pelo seu feed;
  • Anunciantes: exibe os anunciantes que possuem seus dados de cadastro – apenas empresas que contam com parceria com o Facebook podem acessar parte das suas informações pessoais.

Como gerenciar suas preferências de anúncio

Você pode remover interesses e, assim, reduzir a quantidade de anúncios exibidos em seu Facebook ainda através da página de preferências (clique aqui). Para fazer isso, basta passar o mouse sobre um dos temas e então clicar sobre o “X”.

Remova interesses para filtrar anúncios

Todas as categorias de interesse podem ser consultadas em “Interesses”. “Notícias e entretenimento”, “Negócios e indústria”, “Estilo de vida e cultura” e “Hobbies e atividades” são alguns dos marcadores que podem ser gerenciados.

Anunciantes que possuem seus dados de cadastro também serão exibidos

Ocultar os anúncios veiculados por anunciantes que possuem suas informações de cadastro é outra possibilidade: em “Anunciantes”, clique sobre o ícone de “X”, e pronto.

Edite seu perfil

A maioria dos anunciantes usa suas informações de perfil para direcionar publicidade. Nada mais lógico, portanto, do que editar seus dados como idade e localização para filtrar ainda mais o tipo de conteúdo que deverá ser exibido em sua linha do tempo.

Edite seu perfil para determinar também o tipo de anúncio que será exibido

...

Confira mais tutoriais sobre como aprimorar os mecanismos de privacidade do Facebook aqui!

Cupons de desconto TecMundo: