A China não se abateu com a recente tentativa falha de lançar um satélite em parceria com o Brasil. Neste sábado (14), a nave não tripulada Change 3 pousou com sucesso na Lua e descarregou a sonda Yutu, que conta com uma série de sensores e tecnologias de pesquisa.

Com o sucesso da missão, a China conquista o feito de ser o terceiro país a chegar ao nosso satélite natural, atrás de Estados Unidos e Rússia. Desde o módulo soviético Luma 24, em 1976, um veículo humano não fazia pousos suaves (sem danos ao equipamento) para estudo do local.

O nome "Change" refere-se a uma deusa que, na mitologia chinesa, vive na Lua e tem como companhia o Coelho de Jade, Yutu, apelido dado à sonda. O veículo de seis rodas tem 117 kg, move-se a 0,2 km/h usando energia solar e possui dois braços mecânicos para escavar solo lunar. Durante os próximos três meses, ele conduzirá pesquisas com o apoio de um centro de comando chinês e a Agência Espacial Europeia. Os Estados Unidos não estão envolvidos na parceria, mas cientistas norte-americanos terão livre acesso aos dados coletados.

O vídeo e as fotos que você confere nesta matéria são, por enquanto, os únicos materiais liberados pela China para o público. Acredita-se que a ideia dos chineses seja lançar uma missão tripulada à Lua em 2020.

Cupons de desconto TecMundo: