Empresa de James Cameron anuncia protótipo de telescópio para encontrar minerais preciosos no espaço

1 min de leitura
Imagem de: Empresa de James Cameron anuncia protótipo de telescópio para encontrar minerais preciosos no espaço
Avatar do autor

A visionária Planetary Resources apareceu recentemente com o primeiro protótipo do seu já anunciado telescópio espacial “portátil”, o Arkyd-100. Pesando apenas 11 quilos, o aparelho servirá, inicialmente, como amostra de uma tecnologia que pode permitir, dentro de alguns anos, a mineração de asteroides próximos da Terra.

Conforme havia sido anunciado no ano passado, a companhia — financiada por alguns nomes notórios como James Cameron, Larry Page e Eric Schmidt — pretende lançar o seu primeiro telescópio espacial já em 2014. A ideia é buscar fontes de metais preciosos e água em asteroides próximos — embora investimentos imobiliários não estejam fora dos planos da empresa.

Ousadamente pequeno

De acordo com o que mostrou o presidente e executivo-chefe da Planetary Resources, Chris Lewicki, em um vídeo publicado no YouTube, trata-se de um aparelho de dimensões “ousadamente reduzidas”. Embora detalhes internos deste primeiro modelo do Arkyd-100 não tenham sido divulgados, Lewicki destacou que se trata do “mais avançado veículo espacial por quilograma existente hoje”.

Projetado para prospecções, o aparelho inclui painéis solares retráteis, uma área para instalação de módulos eletrônicos, sensores localizados na parte posterior da sua estrutura ótica.

Tecnologia proprietária

Entretanto, as dimensões reduzidas do Arkyd-100 não permitem que a tecnologia tradicional de comunicação espacial seja utilizada. Dessa forma, a Planetary Resources desenvolve atualmente uma tecnologia proprietária para tanto.

(Fonte da imagem: Reprodução/YouTube)

De acordo com Lewicki, o aparato deve ser capaz de capturar imagens formadas por vários comprimentos de onda, permitindo ainda comunicações via laser — algo que vem sendo desenvolvido pela companhia para a NASA. “Nós estamos elevando o padrão no design de veículos espaciais acima de tudo o que foi feito antes”, diz o executivo.

Lewicki afirma ainda que o desenvolvimento interno das tecnologias necessárias para a futura mineração de asteroides não apenas confere segurança, como também reduz os custos — o que deve permitir produções em massa. Ademais, novas informações sobre a empreitada visionária da Planetary Resources são prometidas para breve.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Empresa de James Cameron anuncia protótipo de telescópio para encontrar minerais preciosos no espaço