Convenhamos: quem não gostou dessa atualização do WhatsApp que denuncia quando o destinatário visualizou a mensagem? Apesar de parecer uma coisa boa, muitos usuários não ficaram contentes com esse update. A tristeza foi grande para essas pessoas e, por conta disso, resolvemos nos juntar a elas e criar um movimento para promover algumas mudanças nesse, que é um dos mensageiros mais populares do mundo.

No entanto, não queremos comprar briga apenas com o WhatsApp. Incentivados pelo descontentamento com outros aplicativos instalados em nossos smartphones e tablets, também vamos preparar um pedido para o Instagram, o Facebook e o YouTube para que eles forneçam as atualizações que realmente queremos ver em nossos aparelhos. Vamos conhecer as nossas reivindicações?

1. WhatsApp sincero

Apenas saber que a pessoa leu a mensagem não é o suficiente. Queremos descobrir se ela riu da nossa piada, ficou triste com nossas palavras “afiadas” ou se emocionou com a frase romântica. Aqueles “risquinhos azuis” não nos contentaram, e queremos mais do mensageiro no qual passamos o dia inteiro conectado.

Sugerimos os seguintes avisos a serem incluídos no WhatsApp e mostrados assim que a pessoa visualizar a mensagem:

  • Riu
  • Não riu
  • Chorou
  • Não chorou
  • Emocionou-se
  • Não se emocionou
  • Ignorou
  • Ignorou e bloqueou
  • Ignorou, bloqueou e excluiu da lista de contatos
  • Ignorou, bloqueou, excluiu da lista de contatos e deu uma indireta no Facebook
  • Ignorou, bloqueou, excluiu da lista de contatos, deu uma indireta no Facebook e fez um boneco de vudu

2. Facebook defensor das boas práticas

A rede social mais famosa do mundo já foi palco para muitas discussões infundadas e que não levaram ninguém a lugar algum. Futebol, política e religião são os assuntos que mais conduzem as pessoas a desfazerem suas amizades e ficarem de mal umas com as outras. Mas e se o Facebook pudesse detectar essas rixas sem fundamento e enviar mensagens de reflexão na linha do tempo dos envolvidos?

Quando esse mecanismo da rede social identificar esses casos, mensagens como o célebre poema de Luís Vaz de Camões podem constranger as pessoas e fazê-las repensar suas atitudes. Prove você mesmo e depois vá fazer as pazes com aqueles que não votaram no mesmo candidato que você:

“Amor é fogo que arde sem se ver; é ferida que dói e não se sente; é um contentamento descontente; é dor que desatina sem doer.”

3. Instagram: fotos de comida só com a receita

É isso mesmo que você leu! Quer postar fotos de comida no Instagram? Então coloca a receita! De que adianta compartilhar comigo aquela imagem de um Pretzel de açúcar com canela, aquela galinha escabelada rapidinha, um charuto de couve acompanhado com risoto ou aquele bolo de chocolate molhadinho se você não me disser como eu posso reproduzir esse prato?

Portanto, exigimos que o Instagram obrigue as pessoas a compartilhar a receita das comidas nas fotos que elas colocam na rede social. Não sabe como é feito o prato? Azar o seu – não vai poder postar a imagem. Ninguém mandou não ser prendado e ter aprendido a cozinhar com a mamãe, avó, titia ou namorada.

4. YouTube com filtros mais inteligentes

Você já tentou procurar um vídeo no YouTube e perceber que não há muitas alternativas de filtragem? “Data do upload”? “Contagem de visualizações”? NÃO! Queremos filtros mais inteligentes para o YouTube! Desejamos opções que reflitam com melhor qualidade e fidelidade o que estamos sentido lá dentro do nosso coração.

Se eu fui traído, não vou querer ver clipes de músicas que falem de amor ou que sejam do gênero funk, forró ou heavy metal. Quero me deparar com canções que reforcem a minha condição de “chifrudo” e que me façam esquecer de uma vez por todas aquela... pessoa que me feriu.

Porém, se eu ganhei uma bolada em um sorteio, seria muito bom poder me deparar com vídeos que me incentivem a praticar a “ostentação no camarote”. Mas se o meu tiranossauro rex morreu, não vou querer ver as pessoas se divertindo com seus bichos de estimação. Enfim, sugerimos os seguintes filtros para que a Google adicione ao YouTube:

Mais alguma sugestão? Junte-se a nós!

O que vocês acharam de nossas reivindicações? Justas, não é mesmo? E lembrando que elas não são nem um pouco ilusórias, já que a tecnologia permite a aplicação dessas ideias na prática. Mas conte-nos: vocês têm mais alguma sugestão para compartilhar conosco? Se for foto de comida, só se lembre de colocar a receita!

.....

Atenção: este artigo faz parte do quadro "Erro 404", publicado semanalmente no Baixaki e TecMundo com o objetivo de trazer um texto divertido aos leitores do site. Algumas das informações publicadas aqui são fictícias, ou seja, não correspondem à realidade.

Ilustrações por: Aline Sentone

Cupons de desconto TecMundo: