Elon Musk, o bilionário e inventor envolvido na estruturação da Tesla Motors, da SpaceX e de várias outras empresas de tecnologia, deu uma entrevista recentemente para um canal de TV chinês e comentou que resolveu criar uma escola diferente especialmente para seus filhos. Ele não gostava do método de ensino dos estabelecimentos locais e resolveu ele mesmo estruturar uma forma de educar suas crianças.

Musk desenvolveu um método em que todas as crianças estudam juntas, não importando suas idades. Elas não são ensinadas a partir de séries diferentes, mas recebem conteúdos mais complexos de acordo com o seu grau de conhecimento.

Fora isso, ele pensou em uma escola mais imersiva para as crianças, em que elas possam aprender a resolver problemas e entender a utilidade das coisas.

“É importante ensinar a resolver problemas ou ensinar sobre os problemas e não sobre as ferramentas. Vamos dizer que você esteja tentando ensinar para as pessoas como motores funcionam. Uma abordagem mais tradicional seria dizer ‘nós vamos ensinar tudo sobre chaves de fenda’. Esse é um método bem difícil de aplicar. Faz mais sentido dar um motor para as crianças e mostrá-las como desmontá-lo. ‘Como vamos desmontá-lo? Você precisa de uma chave de fenda’. Com isso, uma coisa muito importante acontece: a relevância das ferramentas se torna aparente”, explicou.

A escola de Musk funciona hoje com 12 crianças, quase todas têm pais na SpaceX, e deve expandir sua atividade para 20 alunos em setembro.

Cupons de desconto TecMundo: