Galaxy S22 pode usar processador Exynos 2200 na América do Sul

1 min de leitura
Imagem de: Galaxy S22 pode usar processador Exynos 2200 na América do Sul
Imagem: Samsung/Divulgação
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Novos vazamentos sobre o Samsung Galaxy S22 continuam a aparecer na internet. A mais recente informação é sobre os processadores que a variante principal deve receber em diferentes mercados.

Através do Twitter, o informante Tron revelou que o Snapdragon 898 da Qualcomm equipará grande parte dos dispositivos lançados fora da Europa. Assim, os aparelhos do velho continente devem usar o Exynos 2200 da própria Samsung.

Os dispositivos da linha Galaxy S são lançados tradicionalmente com versões de processadores diferentes em certos mercados. Dessa forma, os aparelhos com chipsets produzidos pela Qualcomm costumam ser restritos aos EUA.

Entretanto, conforme o vazamento, Coreia do Sul, Hong Kong, Índia e outros países do sudeste da Ásia tem “altas chances” de receber o Galaxy S22 com o Snapdragon 898. Seguindo o costume, o processador também estará disponível para o público americano.

Além da Europa, o Exynos 2200 deve estar dentro dos dispositivos lançados na América do Sul. Entretanto, o informante cita que a decisão final da Samsung ainda não foi tomada e pode ser alterada até o anúncio em janeiro de 2022.

As diferenças entre o Snapdragon 888 e Exynos 2100 eram pequenas no Galaxy S21.As diferenças entre o Snapdragon 888 e Exynos 2100 eram pequenas no Galaxy S21.Fonte:  Samsung/Divulgação 

Sutis diferenças de processadores

Rumores apontam que o Galaxy S22 deve ter poucas mudanças em relação à geração anterior. O dispositivo deve ter ajustes nas câmeras, aprimoramentos de RAM e armazenamento, além de possível redução da capacidade da bateria.

A respeito dos processadores, a estratégia da Samsung nunca afetou o desempenho dos modelos Galaxy S, segundo a empresa, apesar de existirem sutis diferenças para cada modelo. No caso dos modelos S21, S21 Plus e S21 Ultra, o Exynos 2100 teve uma pequena vantagem de duração de bateria em comparação ao Snapdragon 888, enquanto alguns testes de velocidade deixam o produto da Qualcomm na frente.