iPhone dobrável deve levar até três anos para sair, diz analista

1 min de leitura
Imagem de: iPhone dobrável deve levar até três anos para sair, diz analista
Imagem: Apple
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A versão dobrável do iPhone, que deve marcar a entrada da Apple nesse segmento de dispositivos, ainda pode levar "de dois a três anos" para ser lançada. A infomação é do jornalista e analista de mercado Mark Gurman, da Bloomberg, na última edição da newsletter PowerOn.

Segundo Gurman, a Apple "eventualmente" vai mesmo lançar o celular dobrável, apesar da demora. Modelos em forma de protótipos já teriam sido construídos, inclusive com o vazamento de detalhes sobre esses testes. Entretanto, é um caminho longo até a aprovação do design e inúmeros testes de funcionalidade e resistência, culminando na fabricação em massa do aparelho.

O jornalista acredita ainda que o iPhone dobrável ideal teria entre 7" e 8" quando aberto.

Quando veremos o "iPhone Fold"?

Os rumores a respeito dos planos da Apple para concorrer com a linha Galaxy Z Fold foram intensificados nos números meses. O analista Ming-Chi Kuo, que costuma ter boas fontes internas em relação aos planos da Apple, acredita que o modelo sairá em 2023  com uma tela OLED de 8".

Entre outras especulações, há quem acredite que o primeiro modelo terá o formato "flip", fechando na vertical, e que a LG será uma das parceiras  no desenvolvimento do display flexível. Até o momento, a Apple não se pronunciou oficialmente sobre o desenvolvimento de um celular dobrável.