Homem engole AirPod e assusta médicos nos Estados Unidos

2 min de leitura
Imagem de: Homem engole AirPod e assusta médicos nos Estados Unidos
Avatar do autor

O estadunidense Brad Gauthier de Worcester, Massachussets, conseguiu uma proximidade com a marca Apple que poucos fãs já alcançaram. Em um relato ao The Guardian, o americano descreveu sua proeza de engolir um AirPod na última sexta-feira (18), que aconteceu em fevereiro de 2021.

Após assistir ao filme "O enigma de outro mundo", Brad, bêbado de sono, retirou um de seus Airpods do ouvido para dormir; porém, após acordar algumas horas depois, o americano não encontrava mais o acessório.

Gauthier se levantou da cama e foi ao banheiro para beber água, mas não conseguia engolir. Apesar do evento ser obviamente perigoso e alarmante,  o homem pensou que sua garganta estava seca ou inflamada — se isso acontecer com você, por favor vá ao médico.

No dia seguinte, o estadunidense tentou usar o aplicativo Buscar (Find My) para encontrar o Airpod exilado; contudo, a bateria do dispositivo estava vazia. Gauthier ainda passou horas retirando neve de sua propriedade, tentando beber água de vez em quando, mas continuava sem engolir. "Perdi um dos meus fones. Alguém viu?", perguntou à sua família durante o café da manhã.

As aventuras de um AirPod engolido

Após revirarem o quarto inteiro, seu filho Owen questionou brincando: "Talvez você tenha engolido enquanto dormia". Brad riu da piada e novamente tentou beber água sem sucesso e começou a pensar que o comentário fosse plausível.

Na clínica de emergência, enfermeiras e médicos ficaram incrédulos com a descrição dos sintomas de Brad. A recepcionista explicou que pacientes com objetos presos na garganta alegam fortes dores e que era muito inusitado alguém engolir um objeto desse tamanho inadvertidamente.

Depois da radiografia, uma médica rodeada de colegas exibiu os resultados ao paciente, e ali estava: o AirPod bandeirante. Apesar da comicidade da situação, a doutora preocupada explicou que o dispositivo se prendeu à parede do esôfago.

O AirPod ficou preso na parede do esôfagoO AirPod ficou preso na parede do esôfagoFonte:  Reprodução/ WWLP 

Caso o acessório se deslocasse para as vias sérias, a possibilidade de sufocamento era alta; mas, caso ele fosse ao intestino, ele poderia se prender à parede do órgão e uma cirurgia seria necessária — talvez você se lembre de outro homem que também realizou essa proeza e teve o fone saindo intacto "do outro lado".

Brad foi levado às pressas para o centro de endoscopia, onde utilizaram um pequeno tubo com um laço para acabar com as expedições do fone de ouvido. Alguns minutos depois, o estadunidense já segurava o dispositivo em uma sacolinha.

"Testei em casa e está tudo bem, só que o microfone não é mais confiável", brincou o americano. "Nunca vou saber exatamente como consegui engolir", concluiu. Ainda bem que a bateria estava esgotada e o AirPod não vibrou com o uso do aplicativo, já que ele poderia ter se movimentado no corpo.