Huawei P40 Pro 5G e P40 Lite são homologados na Anatel

2 min de leitura
Imagem de: Huawei P40 Pro 5G e P40 Lite são homologados na Anatel
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Huawei recebeu autorização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para comercializar os novos smartphones P40 Pro e P40 Lite no Brasil, além do Huawei Y7p, modelo intermediário. A informação foi revelada por Everton Favretto, do site Plantão Anatel.

Dois modelos equipados com modem 5G do P40 Pro receberam a documentação: 'ELS-NX9' e 'ELS-N04'. Ao que tudo indica, uma versão terá suporte para dois chips de operadora (nano SIM) e a outra aceitará apenas um chip físico. Ambas, no entanto, trazem suporte ao eSIM.

Embora não tenhamos redes 5G em pleno funcionamento comercial no Brasil, os dois aparelhos são compatíveis com todas as frequências 4G. Nas primeiras impressões e análises, sites especializados e youtubers têm aprovado o novo modelo. A fabricante não divulgou informações, até então, sobre o lançamento dos produtos por aqui.

Imagem do novo P40 Pro submetida à Anatel para homologação do produtoImagem do novo P40 Pro submetida à Anatel para homologação do produtoFonte:  Anatel/Reprodução 

O novo P40 Pro, segundo o DxOMark, tem o melhor conjunto de câmeras do mercado. O smartphone atingiu 140 pontos na categoria de fotos e 105 na de vídeos. Em selfies, ele recebeu 108 pontos em fotos e 95 em vídeos.

O conjunto de câmeras do celular traz os seguintes sensores:

  • Principal de 50 MP (f/1.9, 23mm) com PDAF e OIS

  • Periscópio de 12 MP (f/3.4, 125mm) com zoom óptico de 5x

  • Ângulo aberto de 40 MP (f/1.8, 18mm) com foco PDAF

  • Time of Flight (ToF) para profundidade de campo

Já o P40 Lite teve o modelo 'JNY-LX2' aprovado. Ele traz tela LCD de 6,4 polegadas (2310 x 1080p), chipset HiSilicon Kirin 810, 128 GB de armazenamento e 6 GB de RAM. Suas câmeras têm 48 MP (principal), 8 MP (ângulo aberto), 2 MP (macro) e 2 MP (profundidade).

O Huawei Y7p, de modelo 'ART-L28', é o mais modesto. Sua tela também é LCD, de 6,39 polegadas (1560 x 720p), o chipset utilizado é um Hisilicon Kirin 710F, e ele traz 64 GB de armazenamento e 4 GB de RAM. As câmeras deste modelo têm 48 MP (principal), 8 MP (ângulo aberto) e 2 MP (profundidade).

Sem Play Store no Brasil?

A Huawei segue sem negociar com empresas norte-americanas, logo, os serviços e aplicativos do Google não estão sendo utilizados pela companhia. As sanções impostas pelo governo dos Estados Unidos foram comentadas mais uma vez pela empresa chinesa nesta terça-feira (31).

Eric Xu, CEO da Huawei, disse achar "que o governo chinês não vai apenas assistir ao massacre da Huawei". Segundo o governo dos Estados Unidos, dispositivos da Huawei estariam sendo utilizados como forma de espionar cidadãos norte americanos.

Em contrapartida, Xu diz: “O que os faz pensarem que a China não pode banir o uso de chips 5G, estações, smartphones e outros dispositivos inteligentes americanos baseada nas mesmas razões de segurança?”.

Como os novos smartphones da Huawei não possuem acesso aos serviços do Google, a Play Store também não está disponível. Este seria um movimento ainda mais independente da empresa chinesa.

Em dezembro de 2019, a Huawei realizou o evento Huawei Developer Day (HDD) no Brasil. O projeto visa fomentar o ecossistema Huawei Mobile Services (HMS) e a AppGallery, loja de aplicativos da companhia. O evento foi voltado para especialistas e desenvolvedores mobile.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Huawei P40 Pro 5G e P40 Lite são homologados na Anatel