Há uma espécie de mercado alternativo de placas de vídeo na China. Nele, ao invés de marcas conhecidas como ASUS, Zotac, Gigabyte, EVGA, MSI e Galax, fabricantes locais criam suas próprias versões de GPU baseadas nas famosas linhas da NVIDIA.

Em uma breve pesquisa, nomes como Colorful e Yeston aparecem como opções mais baratas na compra de componentes da categoria; na GearBest, por exemplo, a GTX 1060 feita pela Colorful vem com 3 GB de VRAM e um trio de coolers integrados, saindo por R$ 1.075. A mesma companhia também oferece a sua versão de GTX 1070, embora esta passe a custar R$ 2.289. Indo mais além, tanto a GTX 1080 quanto a GTX 1080 Ti entram na brincadeira, precificadas em R$ 2.933 e R$ 4.429, respectivamente.

Colorful iGame 1060Colorful iGame 1060, uma placa de vídeo de construção chinesa baseada na GTX 1060.

Como se isso não bastasse, a fabricante desconhecida no ocidente já está preparando uma placa de vídeo original feita com a arquitetura da RTX 2080, apresentada pela NVIDIA não há nem um mês. Curiosamente, a pequena empresa superou alguns dos nomes mais populares no ramo, não apenas em velocidade de lançamento, mas também em preço:

De imediato, ainda não há uma data formal para o início das vendas das placas RTX 2080 feitas pela Colorful, o que não é surpresa, tendo em vista que nem mesmo a própria NVIDIA começou a comercializá-las. Nada obstante, os valores oficiais já estão à mostra no site da gigante:

  • GeForce RTX 2070 – US$ 599 (R$ 2.498)
  • GeForce RTX 2080 – US$ 799 (R$ 3.332)
  • GeForce RTX 2080 Ti – US$ 1.199 (R$ 5.000)

Em solo brasileiro, no que lhe concerne, lojas especializadas em games já estão aceitando a reserva por preços que podem chegar a estrondosos R$ 7.100.

Você acha que vale a pena arriscar a sorte em uma placa de vídeo importada ou pagar mais caro pelas marcas já conhecidas no mercado?