Criminosos estão utilizando a Conta Fácil, uma ferramenta do Banco do Brasil que permite a criação de contas bancárias de maneira mais rápida e com poucas informações, para sacar créditos de cidadãos que utilizam a Nota Fiscal Paulistana. O relato foi entregue ao TecMundo por um leitor, que foi vítima do golpe e teve R$ 240 sacados em seu nome.

Pelo valor 'ser mais baixo', a ação foi mais fácil de ser realizada

"Eu costumo checar periodicamente meu saldo no site da prefeitura de SP e resgato, de tempos em tempos — geralmente 2 anos —, quando tem um valor considerável. Na segunda-feira passada, quando entrei no site para checar como sempre faço, o meu saldo estava zerado", explicou o leitor que não quis se identificar. "Rapidamente eu verifiquei o histórico de transações e constava uma transferência para uma conta do Banco do Brasil que não me era familiar".

A vítima disse que entrou em contato via email com a Prefeitura de São Paulo e que a instituição apenas retornou comunicando que ele deveria verificar o histórico. "O que eu já havia feito. Enfim, um email padrão que não me ajudou em nada", afirmou.

Ação criminosa

A conta da vítima é do Banco do Brasil e, por isso, ela levou os documentos próprios e o histórico de transações impresso para a agência apropriada. Foi na agência que o atendente alertou que, na verdade, foi realizada uma transferência via Conta Fácil.

"Criaram uma conta no meu nome, meu CPF e com o meu endereço. Transferiram o saldo de R$ 244 para esta e sacaram esse dinheiro no dia 5 de janeiro — em uma cidade chamada Barrinha, se não me engano", disse o leitor. "O atendente do banco me disse que a Conta Fácil é criada pela internet e pede, apenas, o nome e o CPF. Além disso, é possível sacar um determinado valor, que ele não soube informar sem o cartão".

O BB já inibiu o recebimento de créditos da Nota Fiscal Paulistana via Conta Fácil

De acordo com o site oficial do Banco do Brasil, "a Conta Fácil é uma conta de pagamento para quem ainda não possui conta no BB, para maiores de 18 anos". A ideia da plataforma é permitir que o usuário abra uma conta de maneira rápida, via aplicativo, e comece a realizar movimentos (como transações) na mesma hora.

Para abrir uma Conta Fácil no BB não é necessário enviar fotos ou imagens de documentos à agência. Basta inserir o nome completo, o número de CPF e um número celular para abrir a conta, segundo o site oficial. Depois disso, o novo cliente do BB pode realizar as seguintes ações (movimentação realizada no celular e tablet via app e site):

  • Saques, depósitos em dinheiro, transferências, pagamentos, recarga de telefone celular e compras com cartão de débito Ourocard Conta Fácil (bandeira Elo)
  • Cadastrar débito automático para contas (água, luz, telefone etc.), contratar consórcios , seguros e título de capitalização
  • Registrar a Livre Opção Bancária (LOB) para permitir o crédito do salário

Segundo a vítima, foi necessário registrar um Boletim de Ocorrência na Polícia Civil de SP e, após isso, o Banco do Brasil pôde abrir um procedimento interno para fechar a conta e avaliar a devolução do valor de R$ 244 — caso o procedimento realmente encontre problemas na conta.

"Como conseguiram acessar o site da prefeitura e solicitar o resgate, eu não sei", disse o leitor. "Me estranha não ter recebido o e-mail que é enviado quando essa solicitação é feita e, mais ainda, a facilidade de se abrir uma conta e transacionar sem documento ou prova de quem é".

Trecho do Boletim de Ocorrência

Resolução

O TecMundo entrou em contato com o Banco do Brasil que se posicionou, de maneira solícita, a resolver a questão. Na íntegra, você acompanha a resposta:

"Conta Fácil é uma modalidade de conta de pagamento, criada em conformidade com a circular Bacen 3680, com o objetivo de incentivar a bancarização e facilitar a realização de transações financeiras (depósitos, pagamentos, transferências, compras a débito e saques). Com a Conta Fácil, o cliente não tem acesso a limites de crédito, investimentos e uso de cheques. A movimentação de valores é limitada a, no máximo, R$ 5 mil. Para abertura da Conta Fácil é necessário informar nome, CPF, endereço, telefone, data de nascimento e nome da mãe. Os dados informados são validados em sistemas internos do Banco do Brasil.

Prefeitura e Governo de São Paulo também estão averiguando o caso

Em virtude do informado, o Banco do Brasil inibiu o recebimento de créditos da Nota Fiscal Paulistana por meio da Conta Fácil, até que seja concluída a análise do caso"

Isso significa que, até o final do procedimento interno realizado pelo Banco do Brasil, o recebimento de créditos da Nota Fiscal Paulistana via Conta Fácil está inibido.

O TecMundo também entrou em contato com as secretarias municipais e governamentais responsáveis tanto pela Nota Fiscal Paulistana quanto pela Nota Fiscal Paulista, que são diferentes. As pastas responsáveis da Prefeitura e Governo de São Paulo estão averiguando o caso para futuro posicionamento.

Cupons de desconto TecMundo: