Você vai viajar e está levando a sua câmera? Se você é do tipo de pessoa que gosta de registrar toda a viagem, é bom planejar com antecedência como você vai armazenar as fotografias que forem tiradas durante todo o período.

(Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock)

Pode parecer algo banal, porém esse planejamento é crucial. Você vai levar um computador? Vai gravar as imagens em DVD? Tem um HD externo ou virtual com espaço livre? Se você não vai levar um computador, existem alternativas para descarregar os arquivos da câmera? É preciso pensar em tudo antes de sair de casa.

Para quem vai levar um computador

Esse é o cenário que permite o maior número de alternativas para o armazenamento de fotos durante uma viagem, já que você tem mais flexibilidade para passar as imagens para outra mídia a qualquer momento — isso, é claro, se você se lembrar de levar o cabo ou adaptador! Porém, mesmo assim é bom ficar de olho em alguns detalhes.

Se você vai levar um computador, as possibilidades são mais amplas. (Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock)

Quando você viaja, existem riscos implícitos que, por mais que sejam prevenidos, podem acontecer: isso inclui o seu computador ser roubado ou perdido, por exemplo. Se todas as suas fotos estiverem no HD do notebook, além do PC você também vai perder o registro da viagem toda. Confira algumas alternativas para guardar as suas imagens:

HD externo ou pendrive

Se você tem um HD externo ou um dispositivo portátil como um pendrive ou MP3, pode usá-lo para guardar as suas fotografias fora do computador. Uma dica é mantê-las nos dois locais, aumentando ainda mais a probabilidade de não perder os seus dados.

Outra possibilidade é gravar as suas fotos em DVDs, porém isso é altamente desencorajado por vários motivos. É pouco prático carregar vários discos com você, além de existir o risco de sujar o lado de leitura da mídia e perder os arquivos. Use essa alternativa apenas se for altamente necessário.

Disco virtual

Usar o armazenamento na nuvem é uma forma prática de proteger as suas fotos. (Fonte da imagem: Reprodução/Icon Archive)

Google Drive, Dropbox, SugarSync e muitos outros serviços entram na lista de "HDs virtuais" que podem ser usados para armazenar as suas fotografias de maneira segura. Se você estiver usando a câmera do celular para fazer o registro das imagens, então, pode optar por fazer o upload automático dos arquivos assim que você bater uma foto.

A grande vantagem de usar um disco virtual é que, mesmo que todos os seus equipamentos sejam roubados, por exemplo, você ainda tem um local seguro com as fotografias da sua viagem. A desvantagem é que os planos gratuitos de armazenamento são, em geral, muito pequenos, variando entre 2 a até 5 GB.

Flickr ou Facebook

O Flickr é fácil de usar e permite compartilhamento. (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

O Flickr é uma das melhores ferramentas de criação de álbuns e pode ser perfeito para quem deseja armazenar as imagens e ainda mostrá-las para os amigos. Você pode usar os álbuns do Facebook também, porém lembre-se de que o Flickr grava os arquivos no seu tamanho original, o que não acontece na rede social.

Se você não gosta do Flickr, não é preciso pânico, existem vários outros serviços de armazenamento de fotografias na internet, cada um com as suas vantagens; confira uma lista de alternativas clicando aqui. A conta gratuita do Flickr pode guardar até 200 fotografias em tamanho grande e a conta Pro não possui limites.

Para quem não vai levar um computador

Se você vai viajar sem o seu computador pessoal, porém não abre mão de registrar tudo com a sua câmera, é bom se preparar para não ficar sem espaço na memória da máquina. As soluções desta forma são mais limitadas e você fica dependente de fatores externos, porém é possível sobreviver a uma viagem desta forma tranquilamente.

Se você vai viajar para um local remoto é bom pensar em boas alternativas de armazenamento. (Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock)

Procure uma lan house próxima

Se você tiver a certeza de que no local em que você vai ficar existe acesso a uma lan house (sim, isso ainda existe!) ou um computador com internet, pode ficar tranquilo, pois é só usar qualquer um dos métodos acima para guardar as fotografias tiradas.

Só tome cuidado ao usar HDs externos e pendrives em computadores compartilhados, pois nem sempre a segurança contra vírus é eficaz e você pode acabar infectando o seu dispositivo portátil. Se possível, use apenas discos e álbuns virtuais para não correr este risco.

Tenha muitos cartões de memória

Cartões de memória: quanto mais, melhor. (Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock)

Em um caso extremo no qual você vai viajar para um local remoto sem acesso à internet, sem computadores e nenhuma possibilidade de encontrar uma lan house por perto, é bom se prevenir e levar vários cartões de memória.

Esse tipo de lugar tão isolado costuma ter paisagens naturais lindíssimas e você não vai querer perder a chance de fotografar tudo por estar com a memória cheia, não é mesmo? A maior parte das câmeras hoje em dia utiliza cartões SD, que são facilmente adquiridos por um preço razoável.

Uma possibilidade interessante para quem possui um celular com acesso à internet e entrada para cartões micro SD é utilizar um adaptador para esse tipo de cartão na sua câmera e depois usar o celular para upar as fotos para um serviço online.

Com esses adaptadores é possível passar as fotos da câmera diretamente para o celular. (Fonte da imagem: Reprodução/Kingston)

Esses adaptadores transformam um micro SD em um SD normal e podem ser adquiridos em lojas de informática em geral (alguns aparelhos telefônicos já vêm com eles, inclusive). Se o sinal 3G for bom, essa solução é uma das que ocupa menos espaço.

Cupons de desconto TecMundo: