A obesidade é um dos transtornos do século XXI e tem crescido ainda mais nas últimas décadas. Entretanto, uma nova substância desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Iowa pode ser a chave para combater este problema de saúde.

A nova droga é um tipo de morpholino, um composto que atinge genes específicos. Neste caso, a cientista Denice Hodgson-Zingman e seus colegas de trabalho utilizaram esta substância para fazer com que os músculos gastem mais energia que o normal, mesmo em situações cotidianas, dispensando exercícios pesados para queimar grandes quantidades de calorias.

Eficiente e barato? Talvez

Apesar de ser uma ideia promissora, os testes ainda estão no começo. Até o momento, apenas alguns roedores receberam uma dose de morpholino, comprovando empiricamente que há um maior gasto de energia no local onde a substância foi aplicada.

Na imagem em infravermelho acima, o rato da direita apresenta um pequeno ponto vermelho na perna, representando a injeção da droga. Ao comparar os dois animais andando em uma esteira, é possível ver que a região perto da pata do segundo animal está com cores amareladas, demonstrando o consumo maior de calorias.

Se tudo ocorrer bem, a droga será um composto barato, eficiente e seguro para a saúde, provando ser uma ótima solução para o combate à obesidade.

Cupons de desconto TecMundo: