Conheça a pista capaz de recarregar carros elétricos em movimento

2 min de leitura
Imagem de: Conheça a pista capaz de recarregar carros elétricos em movimento
Imagem: Stellantis
Avatar do autor

Há pouco menos de um mês, o grupo automotivo Stellantis anunciou a "Arena do Futuro", uma pista automotiva que pode realizar carregamento sem fio em carros elétricos enquanto eles trafegam. A pista usa a tecnologia de Dynamic Wireless Power transfer (DWPT) e foi apresentada em Chiari, na Itália, no último mês.

A técnica funciona por meio de um sistema de bobinas posicionadas sob o asfalto, responsável por transferir energia sem fio aos veículos elétricos — sem a necessidade de estacionar o carro por horas em um posto de abastecimento. O mais interessante é que a tecnologia pode ser usada em qualquer carro elétrico, basta instalar um receptor especial que realiza a transferência de energia para o motor.

De acordo com a Stellantis, um carro elétrico como o novo Fiat 500 pode trafegar pela pista sem consumir a energia da bateria — a autonomia da Arena do Futuro é semelhante ao fluxo de energia de uma estação de carregamento rápido. Os testes sobre a intensidade do campo magnético avaliam que a tecnologia é segura para os motoristas e passageiros.

Além de conservar a carga da bateria, a tecnologia também amplia a autonomia do veículo.Além de conservar a carga da bateria, a tecnologia também amplia a autonomia do veículo.Fonte:  Stellantis 

“Trabalhando com este incrível grupo de parceiros, provamos que a tecnologia de recarga indutiva pode impulsionar nosso futuro eletrificado”, disse a chefe da unidade global de negócios de mobilidade eletrônica da Stellantis, Anne- Lise Richard. “Esses projetos conjuntos são etapas empolgantes à medida que trabalhamos para alcançar maior vida útil da bateria, menor ansiedade de alcance, maior eficiência energética, menor tamanho da bateria, desempenho excepcional, menor peso e menor custo.”

O sistema de carregamento indutivo da Stellantis foi criado usando cabos de alumínio mais finos para a distribuição de correntes, pois eles são mais leves, mais simples de reciclar, e custam a metade do valor em comparação com o cobre.

Pista com carregamento indutivo

A Arena do Futuro é alimentada por corrente contínua (CC) e oferece vantagens como redução das perdas de potência no processo de distribuição de energia, fontes de energia renováveis sem conversão, entre outras.

A fabricante de carros Maserati apresentou um Grecale Folgore com o receptor capaz de oferecer o carregamento na Arena do Futuro. Segundo a empresa, todos veículos da marca serão eletrificados até 2025.

De acordo com a Stellantis, as novidades foram desenvolvidas graças a novas tecnologias de Internet das Coisas, 5G e aplicações baseadas em inteligência artificial. Além de autoestradas, o sistema DWPT também pode ser usado em portos, aeroportos e estacionamentos. A revista Time afirma que o sistema de carregamento indutivo é uma das 100 invenções mais importantes de 2021.

“O DWPT é uma das tecnologias destinadas a simplificar a abordagem do cliente à mobilidade elétrica e, em última análise, responder de forma tangível aos requisitos de descarbonização e sustentabilidade ambiental no setor de mobilidade”, afirma a Stellantis em comunicado oficial.