Médicos retiram câncer de paciente em cirurgia sustentável no Reino Unido

1 min de leitura
Imagem de: Médicos retiram câncer de paciente em cirurgia sustentável no Reino Unido
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Mais de um ano após a Faculdade Real de Cirurgiões da Inglaterra ter lançado o documento “Estratégia de Sustentabilidade em Cirurgia”, especialistas da Universidade de Birmingham realizaram a primeira operação sustentável documentada. Isso significa que a quantidade de gases de efeito estufa produzida na atividade foi inferior ao valor retirado da atmosfera.

Realizada no mês de maio através do Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra (NHS), a cirurgia ocorreu no Hospital Solihull, na cidade de West Midlands, e foi do tipo “buraco de fechadura” (com incisões menores). O paciente, que teve um câncer removido do intestino, foi liberado com segurança e está se recuperando bem.

Como foi realizada a cirurgia sustentável?

Para reduzir o impacto ambiental do procedimento, a cirurgia introduziu diversas mudanças na rotina da equipe. As abordagens foram registradas através de uma calculadora de produção de carbono desenvolvida por especialistas da Universidade de Birmingham, para validar a ideia (prova de conceito).

Foram inseridas as seguintes alterações nos procedimentos padrão:

  • Uso de aventais, cortinas e toucas reutilizáveis;
  • Substituição de gases anestésicos por medicamentos intravenosos;
  • Plano para reduzir o uso de eletricidade, inclusive aquecimento e iluminação;
  • Reciclagem de equipamentos de utilização única empregados na cirurgia;
  • Reciclagem de papel 'limpo' e resíduos plásticos;
  • Embalar individualmente os equipamentos, abrindo apenas itens estritamente necessários;
  • Um dos cirurgiões foi correndo para o hospital e outro, de bicicleta.

Assim que concluído o procedimento cirúrgico, a equipe usou a calculadora e comprovou uma redução na produção de carbono de quase 80%, quando comparada com a produzida rotineiramente.

Para atingir o objetivo, uma variedade de projetos de compensação de carbono foi desenvolvida, como o plantio de árvores no terreno do Hospital Solihull. Segundo a Universidade de Birmingham, outras cirurgias da espécie deverão ser realizadas em breve.