NASA evacua Centro Espacial Kennedy após ameaça por telefone

1 min de leitura
Imagem de: NASA evacua Centro Espacial Kennedy após ameaça por telefone
Imagem: NASA/Reprodução
Avatar do autor

O prédio administrativo do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, foi evacuado emergencialmente na manhã desta sexta-feira (10) após uma ameaça por telefone. Um e-mail escrito às pressas pelo chefe de segurança da NASA pediu para todos os funcionários procurarem abrigos seguros.

Todos os portões foram fechados e a entrada e saída de pessoas foi bloqueada, relatou o repórter do The Verge, Joey Roulette, pelo Twitter. Após a verificação de que não haveria uma ameaça real, o bloqueio foi suspenso por volta do meio-dia em horário local.

Atirador na sede da NASA

Ainda no mesmo dia, uma outra ameaça foi registrada na sede da NASA em Washington. Os funcionários foram orientados a abrigar-se em um local seguro, mas logo a situação de emergência foi suspensa depois que a equipe de segurança verificou se tratar de um alarme falso.

Apesar de ter acontecido no mesmo dia, a agência espacial considera que não há relação entre as ameaças registradas no Centro Espacial Kennedy e em sua sede administrativa. As ameaças de ataque acontecem na véspera do aniversário de 20 anos da derrubada dos prédios do World Trade Center, em Nova York, por aviões controlados por terroristas.

Em comunicado, a agência espacial afirmou que considera de forma séria todas as potenciais ameaças e está investigando os dois casos.

Ataques cibernéticos

Centro Espacial Kennedy Center foi evacuado às pressas por alarme falso de ataque. (Fonte: Pxhere/Reprodução)Centro Espacial Kennedy Center foi evacuado às pressas por alarme falso de ataque. (Fonte: Pxhere/Reprodução)Fonte:  Pxhere/Reprodução 

As ameaças físicas não são muito comuns na NASA. A agência espacial está mais acostumada a ser atacada de forma virtual. Um relatório divulgado recentemente aponta que, nos últimos quatro anos, foram realizados mais de seis mil tentativas de ataque cibernético.

Em 2021, a NASA observou aumento nas ameaças cibernéticas. De acordo com o relatório, as tentativas de phishing dobraram e os ataques de malware aumentaram exponencialmente durante a pandemia covid-19, em especial por conta do teletrabalho de boa parte dos funcionários da agência espacial.