Força Espacial considera junção de Cabo Canaveral e Centro Espacial Kennedy

1 min de leitura
Imagem de: Força Espacial considera junção de Cabo Canaveral e Centro Espacial Kennedy
Imagem: Pexels
Avatar do autor

A Força Espacial dos Estados Unidos considera a criação de um espaçoporto nacional com a união do Cabo Canaveral e do Centro Espacial Kennedy. A proposta surgiu da necessidade de expandir a capacidade do espaço comercial oferecido logo após um incomum "engarrafamento" envolvendo o lançamento de três foguetes comerciais com cargas valiosas.

O evento aconteceu durante um dia de lançamentos em situações climáticas nada favoráveis. O maior entre os três foguetes, o Delta IV Heavy, carregava um satélite de reconhecimento confidencial com valor estimado em US$1 bilhão. Os outros dois, ambos da SpaceX, levavam satélites em missões comerciais.

41º Complexo de Lançamento no Cabo Canaveral, na Flórida, Estados Unidos. (Fonte: NASA / Divulgação)41º Complexo de Lançamento no Cabo Canaveral, na Flórida, Estados Unidos. (Fonte: NASA/Divulgação)Fonte:  NASA 

Diante disso, o chefe de operações espaciais para a entidade, John William "Jay" Raymond, apresentou a proposta Range of The Future (Alcance do Futuro, em tradução livre), que prevê, entre outras ideias, a união do Cabo Canaveral e do Centro Espacial Kennedy, da NASA, em apenas uma autoridade espaçoportuária.

A discussão ganhou ainda mais notoriedade quando a Força Espacial considerou seus gastos com a criação de infraestrutura viária, bem como sua manutenção, na base do Cabo Canaveral. Outro fator é o grande número de empresas de lançamento, a maioria com fins comerciais e sem função militar, que a base gerencia. Com a expectativa de crescimento desse número, a mudança se faz ainda mais necessária.

Contudo, o projeto enfrenta dificuldades quanto ao planejamento. Uma das principais é a proximidade entre as vias de lançamento militares e comerciais, impedindo uma configuração similar à de um aeroporto comum. Com o objetivo principal de lançar as missões com segurança e confiança, a Força Espacial dos Estados Unidos considera todas as possibilidades e conta com a ajuda de parceiros como a NASA para concluir as possíveis mudanças.

Força Espacial considera junção de Cabo Canaveral e Centro Espacial Kennedy