Linha da Barbie homenageia mulheres que lutaram contra a covid-19

1 min de leitura
Imagem de: Linha da Barbie homenageia mulheres que lutaram contra a covid-19
Imagem: Mattel/Divulgação
Avatar do autor

A Mattel, marca fabricante da boneca Barbie, decidiu prestar uma homenagem às mulheres que se destacaram na luta contra a covid-19. A linha de “mulheres cientistas” ganhou seis novas Barbies.

Entre as homenageadas está a brasileira Jaqueline Góes de Jesus, que atuou no estudo do sequenciamento genético do vírus ainda nos primeiros casos da América Latina. O grupo da biomédica conseguiu sequenciar o genoma do coronavírus em 48 horas após o primeiro caso confirmado no Brasil.

Jaqueline Goes de JesusA cientista brasileira Jaqueline Goes de Jesus com a Barbie feita em sua homenagem

Góes de Jesus investigou novas variantes do vírus no país e, antes disso, havia trabalhado no sequenciamento do genoma do vírus da zika.

BarbieNovas bonecas Barbie homenageiam médicas e cientistas envolvidas na luta contra a covid-19

Homenageadas

Outras cinco cientistas foram lembradas: Sarah Gilbert, líder da criação da vacina de Oxford/AstraZeneca (que é usada no Brasil); Amy O’Sullivan, enfermeira que cuidou do primeiro paciente infectado nos Estados Unidos; Kirby Whitby, criadora do Gowns for Doctors, uma espécie de avental reutilizável para os médicos da linha de frente; Audrey Cruz e Chika Stacy Oriuwa, que lutaram contra a discriminação racial durante a pandemia.

A líder global e vice-presidente da Barbie, Lisa McKnight, explica que o objetivo é inspirar meninas a se interessarem pelas áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática. “A Barbie reconhece os sacrifícios que todas as trabalhadoras da linha de frente enfrentaram ao longo da pandemia. Por isso, estamos compartilhando suas histórias, para inspirar a próxima geração a seguir esse caminho de heróis", contou ao The Guardian.