Coronavírus: Ministério da Saúde confirma 1° caso no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: Coronavírus: Ministério da Saúde confirma 1° caso no Brasil
Avatar do autor

O Ministério da Saúde confirmou, nesta quarta-feira (26), o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil, após a contraprova do exame feito no brasileiro que retornou da Itália ter dado positiva.

De acordo com o Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, o homem de 61 anos de idade, cuja identidade não foi revelada, esteve na Lombardia, região norte da Itália, entre os dias 9 e 21 deste mês. Ao retornar, o morador da cidade de São Paulo apresentou sintomas compatíveis com os do Covid-19: febre, dor de garganta, coriza e tosse seca.

Na última segunda-feira (24), ele foi atendido no Hospital Israelita Albert Einstein e passou por exames que apontaram a suspeita de infecção pelo coronavírus. Os resultados preliminares foram enviados ao Instituto Adolfo Lutz, laboratório de referência nacional, para contraprova, seguindo protocolo internacional, que também deu positiva.

O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta confirmou a chegada da doença ao Brasil. (Fonte: Agência Brasil/Reprodução)

O paciente ficará isolado em casa durante 14 dias, com acompanhamento da equipe médica do hospital, que também fará o monitoramento das pessoas que tiveram contato próximo com ele. Segundo o Ministério da Saúde, ele passa bem e apresenta sinais brandos da infecção.

Itália em alerta

A Itália, país no qual estava o primeiro brasileiro infectado com o coronavírus, já registrou 12 mortes pela doença, conforme os dados mais atuais. Há ainda 374 casos de pessoas infectadas, colocando o país como o principal foco da doença na Europa.

O crescimento do número de casos tem levado ao cancelamento de muitos eventos, incluindo jogos de futebol e até missas, para evitar grandes aglomerações em locais fechados. A região da Lombardia é a mais afetada.

Mais de 80 mil casos do coronavírus já foram registrados, em 34 países, com 2,7 mil mortes até o momento. De acordo com o Ministério da Saúde, os casos mais graves envolvem pessoas com idade superior a 60 anos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Coronavírus: Ministério da Saúde confirma 1° caso no Brasil