Boeing adia voo não tripulado à Estação Espacial Internacional

1 min de leitura
Imagem de: Boeing adia voo não tripulado à Estação Espacial Internacional
Imagem: NASA/Joel Kowsky
Avatar do autor

Equipe TecMundo

@tec_mundo

A Boeing decidiu adiar um voo não tripulado da espaçonave CST-100 Starliner à Estação Espacial Internacional (ISS) que estava programado para acontecer nesta terça-feira (2), às 14h20 (horário de Brasília).

De acordo com um comunicado publicado pela empresa, engenheiros detectaram problemas no veículo que podem estar relacionados a uma tempestade elétrica ocorrida na segunda-feira (1º) na região do Kennedy Space Center, onde o lançamento deve acontecer.

Segundo a companhia, uma nova tentativa de lançamento deve ser realizada na quarta-feira (4), no mesmo local.

"Estamos desapontados com o resultado de hoje e a necessidade de agendar novamente o lançamento da Starliner", disse John Vollmer, vice-presidente e gerente do Programa de Tripulação Comercial da Boeing. "Voos espaciais com humanos são um empreendimento complexo e preciso, e as equipes da Boeing e da NASA tomarão o tempo necessário para assegurar a integridade da nave e o cumprimento da missão", compeltou.

A Starliner é mais uma arma dos Estados Unidos na nova competição espacial, com veículos reutilizáveis capazes de levar pessoas à borda do planeta ou à ISS.

Em julho, o mundo viu o início do turismo espacial, com os bilionários Jeff Bezos e Richard Branson fazendo voos suborbitais com naves construídas por suas próprias empresas.

Fontes