SpaceX e Axiom anunciam 4 missões privadas à Estação Espacial

1 min de leitura
Imagem de: SpaceX e Axiom anunciam 4 missões privadas à Estação Espacial
Imagem: Flickr/SpaceX
Avatar do autor

A Axiom Space anunciou nesta quarta-feira (2) um novo acordo com a SpaceX para a realização de três missões privadas adicionais à Estação Espacial Internacional (ISS), que irão decolar até 2023. Os astronautas serão transportados na nave Crew Dragon, já usada nas expedições da NASA, impulsionada pelo foguete Falcon 9.

O contrato inicial foi firmado entre as duas empresas em maio, com a confirmação do primeiro voo totalmente comercial ao laboratório orbital, previsto para partir em janeiro do próximo ano. A Axiom Mission 1 (AX-1) terá quatro tripulantes, que ficarão oito dias em órbita.

Poucos detalhes referentes as novas viagens, fruto do acordo divulgado agora, foram revelados. Sobre a segunda missão, intitulada AX-2, a Axiom confirmou apenas que ela terá a astronauta Peggy Whitson e o piloto de corrida John Shoffner entre os quatro passageiros.

A Crew Dragon levará os astronautas até a ISS.A Crew Dragon levará os astronautas até a ISS.Fonte:  SpaceX/Divulgação 

Nenhuma data prevista para a decolagem do segundo voo foi informada, assim como também não há programação definida até agora para o lançamento das missões AX-3 e AX-4. Elas devem ocorrer em algum momento entre 2022 e 2023, lembrando que a NASA permite a realização de somente duas viagens privadas por ano à ISS.

Testes e treinamentos

Todos os tripulantes dos quatros voos da SpaceX e da Axiom passarão por um período de treinamentos ministrados pela agência espacial americana. A capacitação é comandada por astronautas experientes e possibilita conhecer o funcionamento dos sistemas da Crew Dragon e do laboratório orbital.

Antes de iniciar as aulas, os viajantes precisam passar por testes médicos e uma avaliação completa de saúde. Só após a aprovação nestas etapas é que eles serão liberados para participar dos treinamentos.

Estas novas missões privadas, integradas ao Programa de Tripulação Comercial da NASA, abrirão caminho para a futura estação espacial que a Axiom pretende lançar em 2028. Ela tem sido apontada como a provável sucessora da ISS.