NASA transmitirá ao vivo todas as partidas e chegadas à ISS

1 min de leitura
Imagem de: NASA transmitirá ao vivo todas as partidas e chegadas à ISS
Imagem: NASA
Avatar do autor

A NASA anunciou em seu site na terça-feira (13) que passará a transmitir ao vivo, na NASA TV, no NASA App e em seu site oficial, todas as partidas e chegadas à Espação Espacial Internacional (ISS). A novidade já começa na próxima sexta-feira (16) quando a Expedição 64 retornar à Terra.

Dessa forma, quando a coordenadora de voo Kate Rubins, da NASA, e os dois cosmonautas russos da Roscosmos, Sergey Ryzhikov e Sergey Kud-Sverchkov, fecharem a escotilha da espaçonaves Soyuz MS-17 às 19h10 (horário de Brasília) nesta sexta-feira, poderemos acompanhar tudo ao vivo, como se fosse um “BBB” orbital, até a chegada do trio na Terra no sábado (17), no Cazaquistão, às 3h56 do Brasil.

Ao voltarem para casa, os membros da tripulação estarão encerrando um missão de 185 dias, após completarem 2.960 órbitas terrestres que somadas chegariam a mais de 126 milhões de quilômetros. Foi o segundo voo de Rubins, que agora contabiliza 300 dias no espaço. Foi também o segundo voo espacial de Ryzhikov, que agora tem 358 dias acumulados. O outro cosmonauta, Kud-Sverchkov é noob em órbita.

Fonte: NASA/ReproduçãoFonte: NASA/ReproduçãoFonte:  NASA 

Mais atrações na NASA TV

Mas amanhã (15) também tem evento: antes de embarcarem na Soyuz, o atual comandante Ryzhikov passará o comando da estação à astronauta da NASA Shannon Walker, em uma cerimônia de troca de comando, que será transmitida ao vivo nas mídias da NASA, a partir das 17h45.

A partir do desengate da Soyuz, começam a trabalhar na ISS, além de Walker, os astronautas Victor Glover , Michael Hopkins. Mark Vande Hei e  Soichi Noguchi, junto aos cosmonautas Oleg Novitskiy e Pyotr Dubrov.

Depois que os tripulantes da Expedição 64 pousarem na remota cidade de Dzhezkazgan, seguirão rumos separados: Rubins voltará para a sua casa em Houston, nos EUA, enquanto os cosmonautas seguirão para a Base de Treinamento Yuri Gagarin, em Star City na Rússia.


Fontes

NASA transmitirá ao vivo todas as partidas e chegadas à ISS