Bola de fogo assusta moradores dos EUA e pode ser foguete da SpaceX

1 min de leitura
Imagem de: Bola de fogo assusta moradores dos EUA e pode ser foguete da SpaceX
Imagem: The Washington Post
Avatar do autor

O Washington Post noticiou hoje (26) que uma enorme bola de fogo assustou moradores do noroeste do Pacífico, nos EUA, iluminando os céus de Portland a Seattle na noite de quinta-feira (25). Pessoas que estavam nas praias do Oregon registraram a passagem do objeto que explodiu em dezenas de pequenos pontos de luz com caudas próprias brilhantes.

Assustados e curiosos, usuários do Facebook e Twitter encheram as redes sociais com as imagens inusitadas, enquanto espectadores em suas casas se preocupavam quanto às origens do fenômeno: seria um ataque de mísseis ou um terrível acidente de avião? Outros simplesmente aplaudiam como se fosse um espetáculo pirotécnico.

A explicação mais plausível veio do astrônomo Jonathan McDowell, do Harvard Smithsonian Center for Astrophysics, que declarou ao periódico que as imagens mostradas eram de um foguete de segundo estágio do Falcon 9 da SpaceX, reentrando na atmosfera terrestre. O equipamento estava programado para desacelerar e explodir sem nenhum alarde no mar ao sul da Austrália.

O retorno tardio do Falcon 9

Jonathan McDowell explicou em sua conta no Twitter que o segundo estágio do Falcon 9, que levou ao espaço 60 satélites da Starlink no dia 4 de março, falhou ao fazer a chamada queimadura de órbita, quando o foguete gira com a cauda na direção de retorno para outro disparo dos motores. Depois de ficar 22 dias orbitando, o equipamento reentrou por volta da uma da manhã de hoje (horário de Brasília).

Posteriormente, o Serviço Meteorológico Nacional em Seattle tuitou as mesma informações, ainda não confirmadas, garantindo aos moradores que não havia qualquer risco de impactos na região.

Os atuais foguetes Falcon 9 da SpaceX, de Elon Musk, estão sendo projetados para que o impulsionador de primeiro estágio pouse com segurança em terra, mas os estágios posteriores realizam algumas manobras e depois são desacoplados e se tornam lixo espacial, geralmente queimando ao reentrar na atmosfera.

Bola de fogo assusta moradores dos EUA e pode ser foguete da SpaceX