Blue Origin vai usar foguetes para simular a gravidade da Lua

1 min de leitura
Imagem de: Blue Origin vai usar foguetes para simular a gravidade da Lua
Avatar do autor

A empresa de exploração espacial Blue Origin, comandada pelo empresário Jeff Bezos, vai oferecer para a NASA uma tecnologia que ajuda a simular a gravidade da Lua.

Para isso, a companhia vai reutilizar os próprios foguetes New Shepard, transformando a cápsula de transporte em uma espécie de centrífuga capaz de girar a onze rotações por minuto durante o processo de descida, graças aos controles presentes nos propulsores.

Esse giro permite a criação de um ambiente simulação da gravidade da Lua na cápsula, que possui um sexto da intensidade da Terra, durante cerca de dois minutos — bem mais do que os atuais sistemas, que duram apenas alguns segundos.

Quase igual

O objetivo da tecnologia é garantir simulações que permitam aos astronautas uma adaptação mais rápida às condições gravitacionais do satélite natural, algo essencial para o bom andamento das missões do projeto Artemis, que planeja o retorno da humanidade à Lua nos próximos quatro anos e, posteriormente, viagens tripuladas para Marte.

O prazo é que o recurso esteja disponível para uso já no final de 2022. A Blue Origin também participará de contratos privados com a NASA, nos moldes das missões já realizadas pela rival SpaceX.

Fontes

Blue Origin vai usar foguetes para simular a gravidade da Lua