NASA desiste de tentar escavar solo de Marte com sonda

1 min de leitura
Imagem de: NASA desiste de tentar escavar solo de Marte com sonda
Imagem: NASA
Avatar do autor

Nesta quinta-feira (14), a Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (NASA) anunciou oficialmente que a sonda InSight e seu módulo de escavadeira são incapazes de penetrar o solo de Marte. O dispositivo tinha como objetivo adentrar cerca de 3 metros na superfície do planeta vermelho para obter dados sobre sua temperatura, contudo não obteve sucesso nas repetidas tentativas desde fevereiro de 2019.

No comunicado, a agência explica que a sonda chamada de "Pacote de Fluxo de Calor e Propriedades Físicas" (HP3, na sigla em inglês) teve êxito em penetrar cerca de 40 cm na superfície marciana após se deparar com inesperadas camadas de solo rochoso e arenoso, desconhecidas até então. O fato surpreendeu os cientistas responsáveis que, apesar do ocorrido, entendem o episódio como uma oportunidade de aprendizado.

"Demos tudo o que temos, mas Marte e nossa heroica escavadeira continuam incompatíveis", afirmou Tilman Spohn, principal responsável pelo equipamento.  "Felizmente, aprendemos muitas coisas que beneficiarão as futuras missões de escavação em seu subsolo", ele concluiu.

Ilustração, presente no comunicado da NASA, reproduz visualmente as camadas do solo de Marte. (Fonte: NASA / Reprodução)Ilustração, presente no comunicado da NASA, reproduz visualmente as camadas do solo de Marte. (Fonte: NASA / Reprodução)Fonte:  NASA 

Entretanto, a missão da InSight não acaba por aí, pois ela tem outros equipamentos importantes para o estudo de Marte, como um sismômetro, instrumentos meteorológicos e de ondas de rádio. Essas ferramentas buscam compreender melhor o funcionamento e a composição do planeta e garantem a permanência da sonda por mais tempo.

NASA desiste de tentar escavar solo de Marte com sonda