Negacionistas 'afetam todos nós', afirma Bill Nye, do Eureka

1 min de leitura
Imagem de: Negacionistas 'afetam todos nós', afirma Bill Nye, do Eureka
Avatar do autor

Enquanto explorações espaciais e inovações tecnológicas caminham a passos largos, há uma tendência social disposta a frear avanços e atacá-los: a de negação da Ciência. Bill Nye, conhecido por estar à frente do programa "Eureka", não é uma das pessoas contentes com a situação: "Terraplanistas, antivacinas e antimáscaras não acompanham progressos científicos. A questão é que isso afeta todos nós", declarou o apresentador ao Space.

De acordo com ele, tais movimentos não são novos, mas os enfrentamos todos os dias – dando como exemplos aqueles que se recusavam a lavar as mãos em 1800 e, também, os que não acreditam em mudanças climáticas. "Quando se nega todo o conhecimento adquirido, toda a sociedade é prejudicada", complementa Bill.

"Existem indivíduos que utilizam a internet nos Estados Unidos e no mundo para promover a ideia de que a Terra pode ser plana. Sério? Estamos no século 21. Brincar com essa hipótese já seria estranho. É ruim para todo mundo. Foi por isso que criamos o 'Eureka' anos atrás, pois estávamos preocupados com o futuro."

Apresentador expressa preocupação com movimentos de negação da Ciência.Apresentador expressa preocupação com movimentos de negação da Ciência.Fonte:  Reprodução 

Está no dia a dia

Como era de se esperar, Nye não deixou de dar exemplos práticos de descobertas científicas que auxiliam o dia a dia da população terrestre: "Seu celular depende das teorias da Relatividade Geral e Restrita de Einstein para funcionar. Logo, não há o que discutir". Aquilo que é colocado nas mesas todos os dias também foi citado: "Eu gosto de lembrar a todos: a agricultura não é natural. Se você parar de cultivar algo, a terra produz outra coisa ... Tudo Ciência".

Mesmo com todas essas preocupações, Bill diz que está empolgado com o futuro, pois, segundo ele, jovens é que vão assumir as responsabilidades: “As coisas vão melhorar ou mudar para melhor muito rapidamente". Ainda assim, é cauteloso: "Vai ser muito difícil se deixarmos o clima tão fora de controle".

Quanto ao cenário mais amplo, defende: "Foi a exploração do espaço que trouxe essas melhorias profundas na qualidade de vida de tantos de nós".

Leia também:

Fontes

Negacionistas 'afetam todos nós', afirma Bill Nye, do Eureka