Missão chinesa secreta retorna à Terra após dois dias no espaço

1 min de leitura
Imagem de: Missão chinesa secreta retorna à Terra após dois dias no espaço
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

A misteriosa espaçonave reutilizável chinesa, lançada ao espaço na última sexta-feira (4), retornou à Terra com segurança, após passar apenas dois dias em órbita, de acordo com a Xinhua. Assim como na decolagem, poucos detalhes sobre o pouso e os objetivos da missão ultrassecreta foram revelados.

“O voo bem-sucedido marcou o importante avanço do país na pesquisa de espaçonaves reutilizáveis e espera-se que ofereça transporte de ida e volta conveniente e de baixo custo para o uso pacífico do espaço”, limitou-se a dizer a agência estatal de notícias, em nota divulgada no domingo (6).

Embora a decolagem tenha ocorrido no Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, especula-se que o pouso da nave aconteceu no deserto de Taklamakan, na região noroeste do país. É o que apontam as projeções do astrônomo do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian Jonathan McDowell.

O lançamento da missão foi feito pelo foguete Long March 2.O lançamento da missão foi feito pelo foguete Long March 2.Fonte:  Space.com/Reprodução 

Conhecedor do programa espacial da China, McDowell acredita que o sigilo em torno desta missão se deve à relação com algum projeto militar. A mesma tese é defendida pelo professor de política espacial da Universidade de Leicester Bleddyn Bowen, que cita ainda a possibilidade da realização de testes com tecnologias de espionagem e lançamento de satélites.

Mais mistérios

Há muitas especulações em torno do que seria este misterioso veículo espacial chinês. A maioria sugere se tratar de um avião espacial, semelhante ao X-37B da Força Espacial dos Estados Unidos, que poderia ser utilizado para diferentes tipos de missões.

Também não está descartado um protótipo de cápsula para transportar astronautas, parecida com a Crew Dragon, da SpaceX, como especula McDowell. Para ele, isso explicaria o pouso no deserto, usando para-quedas.

E o mistério aumentou com a possibilidade da nave experimental ter liberado um objeto desconhecido na órbita terrestre, pouco antes de iniciar a viagem de volta, conforme relato do SpaceNews. Ainda não há maiores informações sobre isso.

Missão chinesa secreta retorna à Terra após dois dias no espaço